Ellen Oléria é o grande destaque do cenário musical brasiliense em 2013

A qualidade vocal de Ellen Oléria, nascida no Chaparral, na divisa de Taguatinga com Ceilândia, é o que mais impressiona o público durante os shows

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/04/2013 07:00 / atualizado em 19/04/2013 15:12

Raissa Lomonte - Especial para o Correio

Carlos Moura/CB/D.A Press

Ellen Oléria foi o mais evidente de 2013 no calendário musical brasiliense. Pelo lugar de onde veio, o Chaparral, na divisa de Taguatinga com Ceilândia, pelo rap de onde brotou, Ellen é a cara da Brasília total, Plano Piloto e cidades.

A qualidade vocal de Ellen Oléria é o que mais chama a atenção do público, segundo a professora de música Dodora Salomão. "Ellen se diferenciou pela colocação da voz, que é ideal. A presença de palco dela é inusitada", afirma a especialista.

Brasília tem jeito próprio e a música é um reflexo disso, diz Ellen. "É um público diverso, com coração aberto para receber várias mensagens. Nós, brasilienses, temos uma identidade que pode ser reconhecida em qualquer parte do país", afirma. Ela, que canta de tudo um pouco, não gosta de seguir apenas um ritmo. "Gosto de tudo: rock, samba, funk, jazz e ultimamente tenho escutado música erudita. A música brasileira me dá a oportunidade de cantar de tudo um pouco. Não tenho condições de pensar só em um estilo. Isso me restringe e acho que a música deve ser algo universal."

Dessa universalidade, constam, na sua memória afetiva: "Gog, que faz grandes referências políticas; Hamilton de Holanda, que é venerado no mundo inteiro, o pessoal do Móveis Coloniais, meus amigos". Ellen cita também Kiko Santana, O Frango, Flora Matos e Rosa Passos. "Brasília tem pessoas brilhantes no meio musical."

A mistura de pessoas vindas de vários estados do país "faz da cidade um lugar ideal para desenvolver e absorver todos os sons", diz a estrela de boca graúda e presença fulgurante.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.