Mil dias para a Copa do Mundo de 2014 serão marcados hoje com shows

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/09/2011 08:11 / atualizado em 16/09/2011 10:49

Mariana Laboissière

Gustavo Moreno/CB/D.A Press



A Copa do Mundo de 2014 começa a despontar no horizonte. Faltam exatamente mil dias para o tão aguardado evento no Brasil. A capital federal, uma das candidatas a sediar a abertura do campeonato de futebol, prepara-se para a contagem regressiva, que se inicia hoje com apresentações de artistas nacionais e locais no estacionamento do Estádio Nacional de Brasília, o antigo Mané Garrincha. Dois palcos foram montados no local, por onde passarão as cantoras Claudia Leitte e Daniela Mercury, além do grupo Restart e outras atrações (leia quadro). O acesso é gratuito.

O trânsito sofrerá interferências. Segundo o Departamento de Trânsito (Detran), uma faixa da via N1 ficará fechada. Além disso, os veículos circularão em um único sentido (horário) pela Avenida Contorno, entre o ginásio e o Autódromo Internacional Nelson Piquet. Ônibus, metrô e táxis também transitarão em esquema especial. Uma linha da TCB sairá da Rodoviária do Plano Piloto para o estacionamento do estádio. Funcionará das 18h às 4h, com tarifa de R$ 1,50, além de ter integração com o metrô. Esse último ficará aberto até as 4h de amanhã e terá o número de vagões ampliado. A partir de 0h, a tarifa cai de R$ 3 para R$ 2.

A Polícia Militar também se prepara para a Copa. A partir das 6h, serão realizados treinamentos e simulações em vários pontos do Distrito Federal, como no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília. Na Torre de TV, haverá ação do Batalhão de Operações Especiais (Bope), mesmo local onde funcionará o posto de controle e comando da PM durante as festividades.

Para completar o pacote de comemorações, serão projetadas imagens alusivas ao campeonato de futebol e um vídeo institucional na cúpula do Museu Nacional da República e nas paredes do Ginásio Nilson Nelson. Além disso, as cores da bandeira do Brasil tomarão conta de alguns monumentos públicos, como o Memorial JK e a Catedral de Brasília, além da Paraça do Relógio, em Taguatinga. Eles ficarão iluminados de verde e amarelo à noite. Balões também voarão pelo céu de Brasília.

Segundo o governador do DF, Agnelo Queiroz (PT), o evento é um marco não somente para o início da Copa como para a transformação da capital federal. “Resgataremos a autoestima do brasiliense, atingido depois de tantos escândalos políticos. A cidade será uma antes da Copa do Mundo e outra depois. Todos os investimentos feitos hoje deixarão um legado imensurável também à população”, afirmou (leia entrevista ao lado).

Arte
No aquecimento para o evento de hoje, grafiteiros iniciaram a pintura dos tapumes que cercam o Estádio Nacional de Brasília. Ontem, cerca de 100 pessoas se reuniram para o trabalho. Elas foram divididas em 20 grupos de cinco para preencher mais de 1,2 mil metros de muro. Cada grupo ganhou 65 latas de spray para criar obras ligadas ao evento futebolístico. O trabalho continua hoje.

Quando o estádio estiver quase pronto, os tapumes serão retirados. Mas não serão jogados fora. Eles aparecerão em exposições e serão fotografados para virar postais, que serão distribuídos em locais públicos. A iniciativa Grafite na Capital da Copa, criada pelo GDF em parceria com a Central Única das Favelas do DF (Cufa-DF), vai além da arte. Ela busca o reconhecimento do grafite, antes visto como pintura marginal.

A cada grupo de grafiteiros, foram cedidos 50 metros de tapume para a pintura. Em um desses espaços, a palavra Brasil ganhou forma nas mãos do tatuador Cleyton Albernaz, o Garu, 33 anos. A poucos metros, a mulher dele, a estudante Rebeca Santos Albernaz, 29, admirava o trabalho do marido. “A ação é muito boa, mas o governo deveria incentivar mais essa arte e levar esses eventos para outros locais. Ainda falta incentivo”, disse Rebeca, que também pinta nas horas vagas.

Os organizadores do evento de hoje estimam a participação de cerca de 300 mil pessoas. Os shows previstos na programação terão início às 20h. Devem terminar por volta das 2h de sábado.

Programação

Confira os shows de sexta-feira:

Palco 1
19h Geórgia W Alô
20h Restart
22h Pé de Cerrado
0h Claudia Leitte

Palco 2
19h Surdodum
21h30 Maracangalha
22h30 Daniela Mercury
1h30 Djs do Criolina
Tags: