cidades df
  • (29) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

GDF pede investigação sobre a locação de imóveis no Jardins Mangueiral

Publicação: 01/10/2011 08:41 Atualização:

As pessoas habilitadas a adquirir imóveis no setor poderão perder o benefício caso sejam comprovadas fraudes na documentação: contratos rompidos (Ed Alves/Esp. CB/D.A Press)
As pessoas habilitadas a adquirir imóveis no setor poderão perder o benefício caso sejam comprovadas fraudes na documentação: contratos rompidos

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Sedhab) do DF enviou ofício à Diretoria da Polícia Civil do Distrito Federal pedindo investigação de contratos de aluguel em imóveis localizados no Setor Jardins Mangueiral. Na edição de ontem, o Correio mostrou, com exclusividade, que alguns beneficiados do programa Morar Bem, do GDF, locaram imóveis recebidos logo após a assinatura do contrato com a Caixa Econômica Federal (CEF). O governo quer saber se essas pessoas cumpriram, de fato, todas as etapas exigidas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab).

No documento, de nº 213.002, o secretário Geraldo Magela pede agilidade na apuração das denúncias para evitar prejuízos ao futuro do programa. “Solicitamos que o processo investigativo a respeito da matéria veiculada pelo Correio Braziliense seja iniciado com a maior brevidade possível, a fim de evitar possíveis danos aos programas geridos por esta Secretaria”, informa trecho do texto remetido à diretora-geral da corporação, delegada Maliline Alvarenga.

As investigações devem ser direcionadas à Divisão de Crimes Contra a Administração Pública (Decap). A unidade policial é a mesma que desbaratou, no ano passado, por meio da Operação João de Barro, um grande esquema dentro da Codhab. Servidores falsificavam documentos e alteravam a pontuação dos inscritos na lista da companhia. O chefe da pasta da Habitação no DF garante que, se ficar provada a existência de fraude na aquisição das moradias no Jardins Mangueiral, o contrato será imediatamente suspenso. “Legalmente, não há nada que impeça a pessoa de alugar o imóvel. O objetivo do governo, no entanto, é entregar casas a famílias que vão, de fato, morar nas residências. O que nós queremos saber é se esses contemplados que alugaram suas casas realmente atenderam as condições do programa. Se descobrimos que eles usaram de expediente fraudulento, não só vamos romper o contrato, como pediremos abertura de investigação criminal”, afirmou Geraldo Magela.

O diretor adjunto da Decap, Henry Teles, afirmou que, se as denúncias se confirmarem, o inquérito policial poderá ser juntado ao processo da Operação João de Barro, que ainda não foi finalizado. “Nada impede que esse seja um desdobramento da ação. Realmente é estranho e nada convencional alguém alugar um imóvel comprado com benefícios do governo. Vamos apurar com cautela para saber se há elementos que sustentem tais denúncias”, ponderou o delegado.

Espera e indignação
Enquanto apartamentos financiados pelo GDF são entregues a pessoas que não parecem dispostas a morar nos imóveis, muitos dos inscritos na lista Codhab esperam, há décadas, para realizar o sonho da casa própria. É o caso da comerciária Dalma Aparecida Pedroso, 49 anos, que tenta, desde os 21, ser contemplada pela política habitacional do governo. Ela entregou toda a documentação para adquirir um apartamento no Mangueiral, em novembro de 2009, quando as primeiras unidades começaram a ser entregues. Depois disso, Dalma nunca mais conseguiu ter acesso ao seu processo. “Teve gente que entregou (os documentos) em julho de 2010 e já foi contemplado. No meu caso, eles nem sequer dizem se falta algum papel. Fico indignada porsaber que tem gente alugando essas casas destinadas ao interesse social, enquanto sonhamos em mudar logo para o que é nosso”, desabafou.

O coordenador da Associação dos Compradores do Jardins Mangueiral, Márcio Maurício Gomes, discorda de Dalma. Ele conta que é comum pessoas receberem as chaves de casas e apartamentos no setor e demorarem a fazer a mudança por não conseguirem se adaptar rapidamente à nova rotina do bairro, ainda carente de infraestrutura. “Eu não fui contemplado ainda, mas entendo que muitas pessoas têm seus motivos para alugar. Conheço um rapaz que tem dois filhos estudando em Ceilândia. Ele alugou a casa no Mangueiral, mas continua morando de aluguel porque não é fácil trazer toda a família para um lugar que ainda não tem escola, linha de ônibus fixa e um comércio forte”, rebateu Márcio.

Na próxima semana, servidores da Sedhab devem se reunir com representantes do Conselho Regional de Corretores de Imóveis. A ideia é informar os vendedores sobre os riscos de investimento na região do Setor Jardins Mangueiral. “O programa visa entregar as chaves a pessoas que realmente necessitam. Vamos alertar os corretores sobre os possíveis problemas, orientá-los para que não sejam usados por pessoas mal intencionadas”, destacou o secretário Geraldo Magela.

Nova lista de contemplados
A Sedhab e a Codhab divulgaram ontem mais uma relação de pessoas habilitadas a adquirir um imóvel no Setor Jardins Mangueiral. São 296 pessoas aptas a assinar contrato de financiamento com a Caixa Econômica Federal (CEF). Os contemplados devem entrar em contato com o governo por meio do telefone 0800 776 1414. Confira a relação dos contemplados no www.correiobraziliense.com.br.

Esta matéria tem: (29) comentários

Autor: claudemir souza
tenho que contestar uma coisa eu gostaria de saber se e lícito ou ilícito o reajuste nos valores de imoveis do Jardins Mangueiral pois não tem nenhum informativo em relação a reajuste no folder entregue pela (Sedhab) CODHAB. | Denuncie |

Autor: rodinelson junior
há de considerar os valores pagos por este programa "social" do governo: mensalidades: 1200,00(financiamento) 150,00 (condominio) no mínimo: 10.000,00 pra colocar o minimo de estrutura para moradia (colocação de pisos e revestimentos na parede)... acho que nada foi de graça!! ou foi?? | Denuncie |

Autor: ANDRE LUIZ
...me assiste, não estou tirando nada de ninguém ou agindo ilegalmente por isso. E terei que ralar muito para pagar esse financiamento e o empréstimo da entrada! "Não julgueis para não serem julgados". Não se pode generalizar só pq vivemos no centro político do país, nem todos são ladrões e corruptos | Denuncie |

Autor: ANDRE LUIZ
...as prestações serão R$ 1.200 por 20 anos R$ 150 de condomínio. Do jeito que as pessoas falam aqui parece que ganhamos de graça. Enquanto puder viver no funcional, ao lado do metrô, mercados e escola de minhas filhas, é óbvio que qualquer um em sã consciência alugaria. É um direito que... | Denuncie |

Autor: ANDRE LUIZ
Impressionante como as pessoas julgam os outros e tomam a sua como a verdade plena. Moro há 21 anos em BSB, vivo em funcional na Asa Sul com esposa e filhas (onde pago R$ 600). Fui contemplado para uma casa de 2 qts no Mangueiral onde tive que fazer empréstimo para pagar 12 mil de entrada e... | Denuncie |

Autor: francisco moura
Pelo visto tem até defunto morando nesse local e se alguém não precisa é só tirá-lo da lista e deixar no lugar quem comprou ou alugou. Esse ranço do passado infelizmente existe e é defícil de ser combatido. Como é questão política o próximo governo fará novas listas e eles voltarão a partipar. | Denuncie |

Autor: clodoaldo santos
Pura hipocrisia. Brasília tomada de assentamentos carentes, por gente vinda de fora que GANHOU lote, fez foi pior, vendeu, e agora quem comprovou que não tinha nada e está PAGANDO, não pode alugar!! que é legal. Tbm pra mim será melhor alugar até o lugar ter toda infraestrutura prometida no projeto. | Denuncie |

Autor: Davi Santos
Por estas que vivemos no lixo que eh o brasil. Todo mundo quer mamar nas tetas. Os politicos corruptos sao a cara dos brasileiros eh soh mais um querendo mamar. Pq o peh rapado tem que pagar imposto caro para bonitao comprar casa barata para alugar. E evidente a injustica, este eh o brasil | Denuncie |

Autor: Davi Santos
Brasil eh terra da picaretagem, roubo e corrupcao. O cara reclama dos politicos mas aluga casa paga com dinheiro subsidiado pelo governo. Eh tao bandido quanto os corruptos. Ah, mas eh longe, náo tem escola...bem,entáo devolve poh | Denuncie |

Autor: Paulo Pereira
Brasileiro é engraçado: reclama dos políticos corruptos mas sempre quer levar vantagem em tudo. Vergonhoso... vivemos num pais de maioria corrupta??? | Denuncie |

Autor: Wando Medeiros
Precisa ser levantado também se o GDF cumpriu o prazo para entrega dos imóveis, já que ao se inscrever as pessoas tem uma necessidade e ao ser comtemplado são anos e anos. Quem vai ficar parado? Vai dizer que não quer mais? | Denuncie |

Autor: JORCILEIDE melo
É inadimissível que se construa com o nosso dinheiro, casas e prédios, para que sejam alugados. Que Brasil é esse.Enquanto outros pagam aluguel.... | Denuncie |

Autor: Francisco Silva
Quem tá alugando não é pela falta de estrutura. A verdade é: devem possuir casa em condominios que não tem como o gov. saber ou são pessoas solteiras. Fácil assim de entender! Só o Governo e a impresa não enxergar isto. | Denuncie |

Autor: Luana Lara
Honestamente, não tirando o mérito, mas estes são os galhos. O foco deveria ser outro, por exemplo, o desprezo com que são tratados os contemplados, principalmente os antigos. Tem coisas muuuuito mais polêmicas pruma reportagem neste caso... | Denuncie |

Autor: isaque almeida
daqui ha um ano, ja foram todas vendidas esse eu meio de ganhar dinheiro do governo | Denuncie |

Autor: Sam Mel
Se não era para contemplar que não vai morar, que se dispusesse isso no regulamento. Se não há proibição, infelizmente, não há muito o que fazer. Normas mal escritas abrem brechas para esse tipo de prática. | Denuncie |

Autor: Francisco Amaral
como o GDF vacila. só com a reportagem "veem" o crime cometido contra os mais necessitados. é uma falta, incrível, de gestão.e de competência. é por essas e outras que o Brasil é o que é, "terra de ninguém". o crime se organiza e o estado fica a mercê do mesmo. fala sério. basta!!! é de lascar!!!!! | Denuncie |

Autor: Alysson Silva
Não vejo pq tanto alvoroço as investigações já foram feitas os contratos realizados já foram verificados. Meu caso trabalho em taguatinga, estudo em taguatinga, fica difícil mudar pra lá agora, futuramente quem sabe, só sei que é um ótimo investimento.. | Denuncie |

Autor: Alysson Silva
Para ser chamando pro Jardins Mangueiral a pessoa tinha que cumprir 3 requisitos: primeiro opção de moradia Jardins mangueiral, segundo renda acima R$ 1900,00 e terceiro pontuação. Só assim seria convocado. agora pelo que sei tá mais dificil, pois vai chamar pela lista geral. | Denuncie |

Autor: Marcos Oliveira
Esse é o jeito do PT governar. Rabo preso permite que outros corruptos surjam. Proque o Durval não está preso. Porque o Gurgel não tem feito o dever de casa. Será medo de de vir a baila nomes de petistas. | Denuncie |

Autor: Raimundo Silva
SE estão alugando, é porque necessidade do imóvel, e se não necessecidade, como conseguiram comprovar que precisavam de imóvel; como sempre, deram um jeitinho, mentiram sobre a documentação. Tem famílias carentes que estão na fila e não conseguem. sou inscrito e solteiro e não acho justo receber 1°qe | Denuncie |

Autor: Pablo Calderón
Criaram mais uma favela no DF, a favela mangueiral, tão boa que os proprietários não querem morar lá, a região será um verdadeiro faroeste caboclo, com prédios feios parecendo os do antigo BNH,, favela= a aumento de crime em São Sebastião... | Denuncie |

Autor: Clariana Mendes Mendes
Existe alguma clausula no contrato que impede o proprietário de alugar o imóvel? Se não existe, e nem deveria existir, qual o problema em alugar? O que se vê, é de um lado o Secretário Magela qurendo jogar para a platéia, e do outro, gente que ñ foi contemplada, mas está com dor de cotovelo. | Denuncie |

Autor: karla martins
Para fins de moralização, os imóveis não poderiam sequer ser liberados para locação. As pessoas se inscrevem para adquirir imóvel para morar e não para comercialização,passa a virar fonte de renda. | Denuncie |

Autor: gustavo resende
Não acho justo que estes imóveis sejam alugado, pois cria-se uma concorrência desleal com a pessoas que não foram contempaldas, que têm que se submeterem a taxas de juros sem incentivos governamentais. Não quer residir no Bairro submeta-se ao financ normal a altas taxas a que todos são são submetidos | Denuncie |

Autor: Maria Souza
a melhor infra-estrutura, no entanto moram lá.Eu, se tiver a felicidade de ser contemplada, estou inscrita, muda para lá imediatamente e vou dar Graças a Deus de sair do aluguel. | Denuncie |

Autor: Maria Souza
O Jardim Mangeuiral fica bem perto de São Sebastião.Passa ônibus toda hora na via.São Sebastiao tem ótimos mercados, posto de saúde, ´timas escolas,Fórum, Bancos, comércio muito bom . Lá tem tudo é uma ótima cidade.Este Bairro é como os demais que ficam ao lado, os Condomínios.Também não tem a melhor | Denuncie |

Autor: Marcos Antonio
Eu, por exemplo, professor no DF, me inscrevi no programa, não tenho casa no DF, e vi o navio passar por mim... | Denuncie |

Autor: lúcia CUNHA
QUANDDO ASSINAMOS O CONTRATO ESTA CLARO QUE PODEMOS ALUGAR, NAO PODEMOS E VENDER, NO MEU CASO TB IREI ALUGAR POIS LA NAO TEM ESCOLA, TRANSPORTE E TENHO CRIANÇA MENOR, NEM COMERCIO E TB NAO TENHO CARRO. NAO VEJO OUTRA SAIDA POR ENQUANTO. DEPOIS QUE TIVER ESCOLA COMERCIO TRANSP. AI ME MUDO DE VEZ. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »
Termos de uso

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.


  • Últimas notícias
  • Mais acessadas