Metroviários ameaçam paralisação da categoria para esta segunda-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

postado em 09/02/2012 14:00 / atualizado em 09/02/2012 14:35

O Sindicato dos Metroviários do Distrito Federal (SindMetrô) anuncia uma possível paralisação para a próxima segunda-feira (13/2). O motivo seria o não cumprimento do acordo firmado na última paralisação, realizada em 13 de dezembro do ano passado e que durou 37 dias.

De acordo com o sindicato, na ocasião, o Ministério Público (MP) decidiu que a categoria deveria ter uma equiparação dos benefícios com as demais empresas públicas do governo. Os metroviários alegam que reuniões foram feitas, mas nenhuma proposta foi apresentada. O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) deu então um 15 dias para o cumprimento do acordo. O sindicato alega que, no último dia estabelecido pelo prazo, a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) apresentou propostas que não contemplavam os anseios da categoria.

O SindMetrô informou que uma das propostas era de colocar a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) como parâmetro para os benefícios, equiparando o ticket alimentação e o auxílio creche, este último responsável por muita polêmica. De acordo com o SindMetrô, este auxílio também contempla o auxílio de educação infantil, abrangendo crianças de 0 a 14 anos. Com apenas o auxílio creche, a idade reduziria para a metade, sete anos.

Nesta quinta-feira (9/2) haverá uma reunião no Ministério Público para tentar resolver a situação antes que a categoria inicie a paralisação. Às 14h o MP se reúne com o Metrô-DF e às 14h30 com o sindicato. Por meio da assessoria de imprensa, o Metrô informou que só se pronunciará sobre o caso após essa reunião.

publicidade

Tags:

publicidade