Xerife do DF responsável pelo condado de Los Angeles já prendeu Mel Gibson

Com somente 28 anos, Eliel Teixeira é o único brasileiro a ocupar o cargo nos Estados Unidos. Já atuou em casos de grande repercussão em Hollywood, como as prisões de Mel Gibson, Lindsay Lohan e do médico de Michael Jackson

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/02/2012 08:44

Leilane Menezes

Monique Renne/CB/D.A Press

Eternizados em filmes norte-americanos, os xerifes, preparados para salvar mocinhas inocentes e defender a sociedade de todo o mal, serão sempre lembrados no imaginário popular como homens de meia-idade, com bigode vasto, chapéu, farda e pistola pronta para ser sacada. Ainda hoje, o uniforme continua parecido. Camisa cáqui, com escudo no braço e estrela banhada a ouro reluzente no peito, desde 1850. Mas quem o veste pode surpreender.

Aos 28 anos, o brasiliense Eliel Teixeira é o único brasileiro a ocupar o cargo de delegado-xerife nos Estados Unidos. É responsável pelo condado de Los Angeles (LA), a maior cidade do estado da Califórnia, a segunda em tamanho dos EUA, com 11 milhões de habitantes. Fora das telas de cinema, a rotina torna-se distante da fantasia de herói. De férias no Brasil para passar seu primeiro carnaval aqui, Eliel conversou com a reportagem do Correio Braziliense e contou detalhes sobre seu dia a dia nada convencional. Desde 2008, ele chefia uma equipe de mais de 250 policiais. Quase a totalidade deles é de norte-americanos. Tiveram de aprender a respeitar e a seguir as ordens de Eliel, filho de pai brasileiro com mãe coreana naturalizada brasileira. A história do rapaz de Brasília que se tornou um dos xerifes mais jovens da América do Norte é cheia de acasos.

Confira reportagem completa na edição deste domingo (26/02) do Correio Braziliense.