Enfermeira acusada de agredir yorkshire deve pagar indenização de R$ 20 mil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/03/2012 19:20 / atualizado em 26/03/2012 19:20

A enfermeira Camila Correia Alves de Moura Araújo, acusada de agredir e matar um cachorro da raça yorkshire em Formosa (GO), poderá ter que pagar indenização de R$ 20 mil, a ser revertida ao Fundo Municipal do Meio Ambiente. A ação foi proposta pelo promotor de justiça Heráclito D'Abadia Camargo.

Para o promotor, "a comoção social provocada pelo lamentável episódio impõe a necessária responsabilização da enfermeira pelos danos morais coletivos causados como forma de desestímulo aos maus-tratos de animais e incentivando conduta diversa, sendo este o objeto da ação".

A enfermeira espancou o cão na frente da filha pequena. As cenas foram gravadas por uma vizinha no dia 13 de novembro e vazaram na internet. O animal morreu dois dias após os maus-tratos.

Depois do ocorrido, a promotoria informou que recebeu 401.836 assinaturas em uma página na internet de pessoas que pediram providências contra Camila Correia. Além da indenização, ela deve responder por crime ambiental e delito previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), pelo fato de as agressões terem sido feitas na frente de uma criança.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
regina
regina - 28de Março às 18:18
Aos desavisados, acompanhem que faz um trabalho sério de resgate, tratamento e doação de animais e verá que cada semana que passa fica pior. Todos os Estados do Brasil precisam se comprometer com essa causa. Protetor não faz milagre e nem consegue se multiplicar na proporção dos casos!!!
 
regina
regina - 28de Março às 18:15
20.000 é pouco! 5 anos de prisão, menos ainda. Mas parabenizo o Promotor que teve raça para indicia-la. Toda vez que se divulga atrocidades como essa e não se comprova punição, acaba virando exemplo e incentivo pra outros malucos fazerem a mesma coisa ou até pior!!!
 
Rubenildo
Rubenildo - 27de Março às 20:55
Humano mata cachorro no tapa; Humano inventa coisas incríveis; Humano estupra filho, filha, desconhecido...; Humano ri, chora; Humano desvia verbas (milhões e milhões); Humano consome drogas; Humano reza, ora, etc. Humano mente e se elege. Humano elege o que mente. Não acreditO em HUMANO...
 
Moises
Moises - 27de Março às 19:49
TEM QUE PAGAR PELO QUE FEZ - JUSTIÇA RAPIDA TAMBÉM NOS CRIME COMETIDOS CONTRA A VIDA HUMANA.
 
maria
maria - 27de Março às 17:23
É Camila, vc bem que poderia ficar livre dessa se não fosse tão má/! Viu no que deu, manera heim!
 
eduardo
eduardo - 27de Março às 16:02
Os comentários aqui postados desde a primeira matéria do caso, me leva a acreditar que tanto amor exarado aos animais, pelos seus defensores, passa a ser além de amor peculiar, para amor de zoofilia, chega de babaquice...
 
rejane
rejane - 27de Março às 15:04
Um cachorro vale muito mais que mil pessoas!
 
Adriana
Adriana - 27de Março às 15:01
Com certeza a punição é um desestímulo aos maus tratos de animais domésticos. Isso tem que ser punido SIM. Com certeza temos que nos mobilizar para que outros crimes, inclusive os cometidos contra a vida HUMANA, sejam igualmente punidos.
 
Amanda
Amanda - 27de Março às 14:43
Dinheiro nenhum vai ressucitar o cachorro, então ela devia era pagar com serviços forçados num canil, com bastante cachorros latindo no ouvido dela!!! Até porque, também é muito provável que esses 20 mil sejam embolsados pelos políticos super éticos e transparentes do nosso Brasil baronil!
 
Amanda
Amanda - 27de Março às 14:39
Dinheiro nenhum vai ressucitar o cachorro, então ela devia pagar é com serviços forçados em um canil, com bastante cachorros latindo no ouvido dela!!!
 
Amanda
Amanda - 27de Março às 14:36
Tanta gente se mobiliza por um cachorro e ninguém faz nada p/ acabar c/ o auxílio-reclusão! Quem se preocupa mais com ecologice deve gostar de trabalhar p/ sustentar bandido vagabundo na cadeia mesmo!
 
Amanda
Amanda - 27de Março às 14:33
E quem já viu um homicida ficar preso 20 ou 30 anos no Brasil? É mais fácil um ladrão de galinhas que só quer matar a fome dos filhos apodrecer na cadeia que um playboy noiado que mata na ponte JK. Depois os meus valores é que estão invertidos!.. Se quem julga é o juiz, pq vcs estão tão preocupados?
 
Amanda
Amanda - 27de Março às 14:25
Quem ñ sabe respeitar a opinião alheia ñ deve ter o direito de expor a sua! Que bom que existe gente p/ gostar de td, pq ñ sou obrigada a concordar que um cachorro é mais inocente que uma criança atirada pela janela ou abusada por um falso religioso.
 
gustavo
gustavo - 27de Março às 14:17
O certo é ela pagar os 20 mil e pegar também 20 anos de cadeia.ASSASSINA!
 
ana
ana - 27de Março às 13:42
Fundo do q mesmo??? Nem queria rir mas estou sendo forçada..kkkkkkkkkkkk. Se houver indenização (q acho desnecessária, pq todo mundo erra nessa vida), deveria ser revertida para tantos abrigos de animais que necessitam de adoção. Disse.
 
Fernando
Fernando - 27de Março às 13:16
Não gostar de animas não justifica torturar e matar um animalzinho tão inocente. Se não gostasse deveria doar ou nunca ter. Infelizmente a pena ainda é muito pouca. Os danos morais para toda a sociedade nunca serão reparados. Que "monstra"!
 
Samuel
Samuel - 27de Março às 12:21
Quem dera se os brasileiros se mobilizassem assim contra todo tipo de anomalia social, seríamos 1º mundo há muito tempo.
 
Marcos
Marcos - 27de Março às 11:49
É pouco. Ela teria de ser internada a força ou presa, dependendo do grau da insanidade a ser constatada por peritos!
 
Virginia
Virginia - 27de Março às 11:39
Não gosto de cachorros e gatos. As pessoas tentam sanar suas deficiências emotivas humanizando animais, chega a ser constrangedor. Agora que os maus tratos precisam ser punidos com rigor não resta a menor dúvida, e 20mil é pouco diante de tanta barbarie.
 
Marcelo
Marcelo - 27de Março às 11:26
Abelina criatura! Dizer que existem crimes mais graves ou menos graves não acrescenta. São crimes, e todo criminoso tem que pagar pelo mal que faz! A gravidade do crime quem julga é o juiz. OS ANIMAIS MERECEM SER RESPEITADOS! SÃO VIDAS INDEFESAS! Ser humano que não reconhece isso é covarde!
 
Júlio
Júlio - 27de Março às 11:01
Exatamente. Quem tiver indignado, e achando que os valores estão invertidos, que levante o bumbum da cadeira e vá protestar em frente ao Congresso. Ademais, só um acéfalo para achar que a pena da enfermeira é maior que a de quem comete um homicídio, Ela não será presa por 20 ou 30 anos, que eu saiba
 
abelina
abelina - 27de Março às 10:42
ô Marcia, não deseja isso para uma criança inocente. afinal ela não tem nada a ver com a história.
 
abelina
abelina - 27de Março às 10:37
Marcelo,todos tem o direito de expor suas opiniões, a Amanda falou o que ela acha, não é legal dizer que seja um comentário de mal gosto e nem que precisa amadurecer. Acho que ela é bastante madura e segura de sua opinião. Realmente Amanda,tem crimes piores que são ignorados.
 
Loraine
Loraine - 27de Março às 10:36
A violência de qualquer forma começa contra seres considerados inferiores pela pessoa que a comete. Se ela fez isto com um cachorrinho o que ela faria com um paciente indefeso? Vamos respeitar os animais, uns aos outros, o espaço de cada um no trânsito, o lugar na fila!
 
marcia
marcia - 27de Março às 10:16
Quem não gosta de bicho não gosta de gente. O promotor não quer aparecer, ele está correto. O problema no Brasil é a certeza da impunidade. O amor de um cachorro é incondicional a seu dono. Os bichos tb merecem viver. É chocante ver uma agressividade assim, um dia a vítima pode ser a filha dela!
 
Marcelo
Marcelo - 27de Março às 09:57
Senhor Amanda QUANTA IGNORÂNCIA! Não compare crimes! São todos CRIMES! O fato de algumas pessoas defenderem duras penas para quem judiar de animais não exclui nosso sentimento de revolta com as chacinas de seres humanos...Que comentário de mau gosto, amadureça!
 
Eliana
Eliana - 27de Março às 09:55
Cada vez que vejo ou ouço essa reportagem tenho muito nojo dessa mulher. Tomara que apodreça no inferno!
 
Marcelo
Marcelo - 27de Março às 09:49
PAÍS DE 1º MUNDO TRATA BEM SUAS CRIANÇAS, SEUS IDOSOS E TAMBÉM SEUS ANIMAIS! Uma vez passei uma semana fora. Vocês não tem idéia da festa que meu cachorro fez pra mim quando eu voltei. Meu dog já morreu, mas a energia dele continua comigo até hoje! Pra sempre! Deus está presente nessas coisas simples
 
Marcelo
Marcelo - 27de Março às 09:44
As pessoas de sensibilidade e espiritualizadas sabem que existem várias dimensões de vida. Uma delas é a dimensão de viver integrado com a Mãe Natureza. Que traz paz, tranquilidade, equilíbrio, harmonia. Os animais são nosso complemento. Eles gostam de nós de graça, sem interesse. AMO OS ANIMAIS!
 
Marcelo
Marcelo - 27de Março às 09:41
Na França o governo paga um salário para as pessoas cuidarem de cães e gatos. Conclusão: Não tem animal de rua! Todos saem ganhando! Podem reparar que as crianças que crescem com animais em casa são mais carinhosas, menos egoístas. As pessoas iluminadas amam os animais, as que vivem na escuridão não.
 
Marcelo
Marcelo - 27de Março às 09:37
Os pobres de espírito não entendem que tudo está conectado! Todos nós estamos conectados de alguma forma, a natureza está conectada em nossas vidas. Toda ação gera uma reação. Os animais são presentes de Deus! A vida na terra sem eles seria insuportável! Os animais nos trazem energia positiva!
 
Fábio
Fábio - 27de Março às 09:08
Gostei. Tem que ser exemplar. Se a pessoa não tem condição psicologica de ter animal de estimação que não tenha. Com vidas não se brinca. A promotoria está de parabéns, espero que aja continuidade nesse tipo de trabalho.
 
Lana
Lana - 27de Março às 09:03
Apesar da penalidade ser pouca, ela vai pensar duas vezes antes de agredir e matar um animal, pois agora vai doer o é o bolso.
 
Amanda
Amanda - 27de Março às 09:02
Sem querer desmerecer a gravidade do assunto, é só um cachorro, gente! E o tanto de pessoas que são assassinadas com maior requinte de crueldade todos os dias? Vocês acham esse crime mais grave que Tim Lopes, Isabela Nardoni, Ana Lídia, Daniela Perez, Eloá e muitos outros?E a pedofilia?E as drogas?
 
FRANCISCO
FRANCISCO - 27de Março às 08:51
Este Promotor devia era se ocupar de propor essa indenização a quem atropela e mata dirigindo bêbado, só que isso não dá ibope, vai arrumar outro trabalho promotorzinho Lugar de estrelato não e na promotoria ( MANÉ)
 
Hildo
Hildo - 27de Março às 08:51
O comentário anterior ficou um vazio quando me refiro a "maus" tratos completo "... pois geralmente quem a maltrata merece-o POR TER POUCA LEITURA"
 
abelina
abelina - 27de Março às 08:50
Lenita, também nao concordo com o ato da enfermeira, mas vc nao acha que está exagerando? desejar que um ser humano seja agredido até a morte. isso é muito desumano, que Deus tenha misericordia.
 
João
João - 27de Março às 07:59
É evidente que o bolso incomoda, afinal R$ 20 mil é um valor considerável, porém, basta fazer um cheque. O ideal é que a autora desta agressão pudesse lembrar por muito tempo e assim pudesse refletir mais, fazendo trabalhos à comunidade.
 
lenita
lenita - 27de Março às 07:39
Continuo achando que este verme deve ser agredido até a morte também, sem piedade. Espero que isso aconteça na cadeia que você vai pegar, verme...
 
Hildo
Hildo - 27de Março às 01:55
Minha filhinha tem uma cachorrinha de estimação e eu, achava que não iria gostar. Resultado: como é bom ter um animal de estimação em casa e ver a alegria quando minha filha chega da escola para brincar com ela. Só respeito "maus" tratos a ortografia, pois geralmente quem a maltrata merece-o.
 
Fábio
Fábio - 26de Março às 23:35
quem reclama que os valores da sociedade estão "invertidos e muita indignação" que saia dessa cadeira e vá lutar nas ruas...
 
Cesar
Cesar - 26de Março às 22:47
O que tem a ver "comoção social" com a Justiça? Deveria é justamente ser o contrário: a Justiça não deveria ser influenciada por isso. A pena deve ser aplicada analisando o caso concreto à luz da lei, e não de acordo com o que o povão acha.
 
filomena
filomena - 26de Março às 22:11
E' verdade que bandido preso recebe $900.00 por mes? isso e' piada certo? Dimas explana? A multa e' uma boa coisa e, deveria servir para ajudar os caes abandonados.
 
Ana
Ana - 26de Março às 21:54
concordo plenamente com a Bruna, é a pena para pessoas que ''matam pais e maes de familia'' que deveria ser mais rigida, nao se pode abrandar a pena para quem faz uma barbaridade dessas a um pobre animal e a uma criança tambem .
 
ANTONIO
ANTONIO - 26de Março às 21:45
Me envergonha, algumas pessoas aqui, defenderem os maus tratos aos animais. Será se esses que criticam a provável condenação da enfermeira, por ter torturado e matado um cachorro, não sabem que os animais também sentem dor? Serão esses os que defenderam o espancamento de uma criança de três anos?
 
fernando
fernando - 26de Março às 21:32
Caro Evandro Santiago, quanto mais conheço os homens (como vc), mais gosto do meu cao!
 
evandro
evandro - 26de Março às 21:20
Realmente, estão os valores totalmente invertidos. Incomoda mais à "sociedade" a morte de um animal, do que um ser humano. Somos o que somos.
 
Carlos
Carlos - 26de Março às 21:17
Todo mundo indignado com a enfermeira. Gostaria de ver essa mesma indignação contra tantos que matam pais e mães, crianças e adolescentes por nada!
 
Bruna
Bruna - 26de Março às 21:08
dimas moreira, não é a pena a enfermeira que é branda.. é a do bandido que vc comentou que precisa ser revista. Na minha opinião, AMBAS são brandas demais. Parece piada..
 
valmi
valmi - 26de Março às 21:01
estes bandidos que tira a vida de um pai de familia ñ deveria receber nada ale de serviço p/ pagar o sustento da familia a qual ele tirou a vida de um membro dela, por isso que a bandidagem só está cada vez mais aumentando tem tudo de melhor na prisão e ainda recebe mais dinheiro por isso ...
 
Lugra
Lugra - 26de Março às 20:32
O que o Fundo Municipal do Meio Ambiente tem a ver com isso pra faturar essa grana? Deveria reverter para os "pais" do animal? Vão embolsar essa grana de graça!!!! Se a moda pega a população tá ferrada e esses Fundos deitando e rolando. Essa mulher merecia é cana e não enriquecer Fundo nenhum.
 
Carlos
Carlos - 26de Março às 20:32
Justiça de viés... dinheiro? A mulher não vai ter isso... e se tivesse, a penalidade não poderia nunca ser transformada em "multa"... tudo invertido... coisa mais sem sentido, tanto o ato de maltratar animal como a penalidade em forma de multa... grotesco!
 
Anderson
Anderson - 26de Março às 20:28
Só lembrando: Ela não agrediu, ela MATOU o animal com requintes de crueldade. R$ 20.000,00 é muito pouco para o que ela fez.
 
Júlio
Júlio - 26de Março às 19:48
Uma frase do promotor me chamou a atenção: " danos morais coletivos". Sábias palavras, pois, de fato, não foi só o cãozinho que sofreu, mas qualquer pessoa de bem, crianças, idosos... todos foram, de certa forma, lesados ao ver aquelas cenas publicamente divulgadas.
 
dimas
dimas - 26de Março às 19:40
Tudo indica que o caso entrará para os anais judiciários pela desproporcionalidade das penas aplicadas. Um bandido faz bem pior com um pai/mãe de família na frente dos filhos, não paga multa, fica preso numa boa e por pouco tempo e ainda recebe mais de R$ 900,00 por mês.