cidades df
  • (32) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Morre Dona Maria Rosa Leite Monteiro, mãe de Honestino Guimarães

Sérgio Maggio

Frederico Bottrel

Publicação: 20/09/2012 09:10 Atualização: 21/09/2012 10:04

 (Raimundo Pacco/CB/D.A Press - 10/7/2000)
Dona Maria Rosa Leite Monteiro, mãe do estudante Honestino Guimarães, desaparecido nos anos 1970, faleceu na madrugada desta quinta-feira (20/9), aos 84 anos. Uma das primeiras vozes a denunciar os desaparecimentos e torturas durante a Ditadura Militar no Brasil, Dona Rosa vinha recentemente enfrentando problemas de saúde relacionados à perda de memória. Sofreu uma queda no último final de semana, no apartamento em que morava, em Águas Claras. Foi internada com fratura no fêmur e não resistiu às complicações decorrentes de uma cirurgia, no Hospital Alvorada, em Taguatinga.

Desde o desaparecimento de Honestino, que era líder estudantil na Universidade de Brasília (UnB), Maria Rosa se empenhou em luta fenomenal para encontrá-lo. Relatou a saga no livro Honestino, o bom da amizade é a não cobrança, importante registro sobre o período. Foi dos primeiros documentos a revelar a dor do desaparacimento de procurados da ditadura a partir do âmbito familiar. Honestino Guimarães, desaparecido em 10/10/1973 aos 26 anos, foi sequestrado, torturado e morto. O corpo de Dona Rosa será velado a partir de 9h desta sexta-feira (21/9), na capela 6 do Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.

Confira algumas páginas do Correio protagonizadas por Dona Rosa. Clique nas imagens para ler as reportagens.

"Do que esse povo tinha medo? Eram jovens que se defendiam por meio da palavra bem articulada. As mães devem exigir justiça"
9/6/1992


"Sou uma mulher de muita coragem"
23/2/2002


"Os governantes insistem em esquecer o caso"
24/10/2004

Tags: celular

Esta matéria tem: (32) comentários

Autor: Mateus Guimarães
Prezados/as Veronica, Aroldo, Messias, Cleoman, Rodolfo, Maria, Maques, Rejane e demais que manifestaram reverência à vida de minha avó. Em nome da família, expresso gratidão! Peço a quem queria que envie sua manifestação e/ou memória de Maria Rosa pro e-mail testemunhomariarosa@gmail.com. Abraços! | Denuncie |

Autor: Mateus Guimarães
Virgínia, Maria Rosa iniciou sua premiada carreira de educadora aos 16 anos e mudou-se em 1960 pra Brasília visando fortalecer a boa educação dos filhos. Portanto ela ajudou em muito a construir o caráter íntegro de Honestino. Terroristas são os que sequestraram, mataram e ocultaram jovens como ele. | Denuncie |

Autor: Mateus Guimarães
Prezado Valmar Queiroz, Seria impossível noticiar a passagem dessa senhora (minha avó) sem mencionar sua luta em busca de Verdade e Justiça. E a luta de Honestino era por justiça social, paz e liberdade, e não para "fazer do Brasil uma Cuba" como diz quem tenta mascarar e justificar o injustificável | Denuncie |

Autor: Mateus Guimarães
Prezado Sergio Souza, Obviamente você (assim como o Valmar, o Alan e a Virginia) desconhece por demais a história de Honestino. Um cara que pagou com sua liberdade e sua própria vida por acreditar e manter vivos seus ideais de humanidade e de bem-comum, jamais iria se vender para proveito próprio. | Denuncie |

Autor: CLICIA
O comentáriospostados acima, dizendo que Honestino Guimarães era um terrorista que queria implantar a ditadura e o outro dizendo que Maria Rosa não soube educar o filho são de comentários de pessoas que desconhecem totalmente a história de nosso país! Absurdo! | Denuncie |

Autor: Alan Cavalcante
Longe de querer justificar qualquer assassinato, mas tentando explicar, acredito que um indivíduo quando se mete em guerrilhas terroristas ele tem q ta preparado pra tudo. No caso do Honestino, ele virou um dos terroristas românticos que queriam implantar uma ditadura aqui no Brasil... ficou sujeito | Denuncie |

Autor: JORGE MENEZES
Quantas marias ainda choram seus entes perseguidos, injuriados e socialmente "mortos". A perseguição ainda existe dissimulada na utilização de certas leis. O Brasil, mais uma vez, está mais pobre. | Denuncie |

Autor: Virginia Mari Leitte
Se tivesse educado o filho adequadamente não teria se envolvido com terroristas. | Denuncie |

Autor: Hildo Evaristo
Duas grandes personalidades na história deste país. | Denuncie |

Autor: rejane silva
Em determinado momento de minha vida tive a oportunidade de conhecer D. Rosa, me surpreenderam sua vivacidade e inteligência, uma mulher muito espiritualizada, desejo que sua alma encontre seu tão amado filho e retomem nova jornada, novas histórias, dessa vez, repletas de alegrias. | Denuncie |

Autor: Andrea Souza
E tem gente que ainda defende a ditadura. | Denuncie |

Autor: maques bijos
Eu sempre me dirigi a ela na qualidade de professora. Era assim meu tratamento. | Denuncie |

Autor: maques bijos
Tive o privilégio de conversar diversas vezes com a Maria Rosa Leite Monteiro. Ela chegou a me presentear com um relato sobre o seu filho Honestino. Agora, talvez, ela saberá de tudo que aconteceu com seu filho desaparecido. Que Deus dê muita paz espiritural para ela. | Denuncie |

Autor: sérgio gonçalves
D. Maria, morei em sua casa no Bloco B/60 da 406 norte quando vim estudar na UnB. Um doce de pessoa, que o Senhor cuide de todos os teus queridos. | Denuncie |

Autor: maria eymard
Nos deu uma grande aula de luta,amor,pena que nossos ideais foram jogados por terra,hoje o que impera nada tem a ver com nossos anseios,fomos traídos,mancharam nossa bandeira,desrespeitaram nossa gente,nossa Pátria,fomos enganados e roubados por companheiros e companheiras.Rosa Monteiro,obrigaada. | Denuncie |

Autor: Valmar Queiroz
Novamente este assunto vem a tona. Aproveita-se a morte desta senhora para tocar no assunto do período de governo militar. Pois bem, esse espaço existe, e nós podemos usá-lo, devido ao insucesso dos companheiros e camaradas que queriam fazer do Brasil uma Cuba. Acredito que o Honestino era um deles. | Denuncie |

Autor: rodolfo costa
Com certeza seu filho a recebeu de braços abertos ... "mãe amada" !! | Denuncie |

Autor: INALDO OLIVEIRA
Que Deus a ilumine e que permita que um dia se descubra o que fizeram com o seu filho. | Denuncie |

Autor: Margarida Lima
E ainda tem gente (não é ser humano), capaz de abrir este buraquinho que tem entre o queixo e o nariz e dizer: Neste pais somos todos irmão, somos todos iguais, e vivemos em uma democracia liderado por um governo dos trabalhadores!!!eleito pelo voto direto obrigatório, eita democraciazinha chula!! | Denuncie |

Autor: cleoman porto
Estudei na UnB nos anos de chumbo grosso, década de 70.Honestino foi Presidente da UNE quando desapareceu nas cassandras da ditadura. Foi um grande líder e estará sempre presente nas lutas estudantis brasileiras.O DCE da UnB leva o seu nome em uma modesta homenagem. Parabéns a sua mãe pelo legado. | Denuncie |

Autor: sergio souza
Se estivesse vivo, poderia estar participando do mensalão! | Denuncie |

Autor: cleoman porto
Dona Maria Rosa se assemelha a mãe de um trabalhador no romance de Gorki, A Mãe. Ambas, após o desaparecimento dos filhos vão à luta. Isto honra e enobrece tantas mães lutadoras mundo afora. Sua luta não foi em vão, a continuidade se dará com a comissão da verdade que fará justiça. O Brasil mudou! | Denuncie |

Autor: Andréa Ribeiro
Poderia ter sido internada em outro hospital..... | Denuncie |

Autor: Messias Cassemiro cassemiro
Lamentavel o que ocorreu por culpa de uma meia duzia de desvairados. Não vejo a mãe de nenhum militar chorar até a morte, o desaparecimento do filho. O tratamento deve ser isonomico, querem alguns. Mas, foram eles que além de ferir a democracia, mataram, desfalcaram familias. Que Deus os perdoe! | Denuncie |

Autor: Aroldo Lima de Jesus
Transmito meus sentimentos de pesar aos familiares a essa mãe que viveu grande parte da vida com a dor da subtração de um filho.Que Deus dê o consolo a todos os enlutados ligados a dona Maria. | Denuncie |

Autor: Ruiter Oliveira
Morreu sem ver a justiça ser feita...imagimo como foram estes anos de agonia com a falta do filho. | Denuncie |

Autor: Rosangela Barros
Imagino a dor que essa mulher teve que conviver a vida inteira. Ainda tem gente que defende a ditadura. Que horror! | Denuncie |

Autor: marcos sousa
Esta senhora sofreu muito com o desaparecimento de seu filho, então, espero que ela descanse em paz ... | Denuncie |

Autor: Júlio Albuquerque
Descanse em paz! | Denuncie |

Autor: veronica silva
Uma mulher forte e corajosa que, enfim, descansou! | Denuncie |

Autor: Raquel Ferreira
Que Deus á receba de braços abertos la no céu | Denuncie |

Autor: Alvaro Brito
Valeu pela luta! Vã com Deus... | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Envie sua história e faça parte da rede de conteúdo dos Diários Associados.
Clique aqui e envie seu vídeo, foto, podcast ou crie seu blog. Manifeste seu mundo.