Correio Braziliense vence o Prêmio Esso Especial de Primeira Página

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/11/2012 12:04 / atualizado em 12/11/2012 15:28

A capa Adeus, Chico, publicada pelo Correio Braziliense no dia seguinte à morte do humorista Chico Anysio, em 24 de março,  foi escolhida por um dos maiores prêmios do jornalismo - o Prêmio Esso. A edição foi às bancas estampando a manchete com o símbolo virtual de um rosto triste, uma foto do artista e logo abaixo os dizeres: Adeus, Chico. O trabalho foi produzido por Saulo Santana, Ana Dubeux, Carlos Alexandre, Plácido Fernandes, Marcelo Agner, Luís Tajes e Varilandes Júnior. O grupo levou um diploma e R$ 5 mil pela categoria Primeira Página.

Capa Adeus, Chico

O Prêmio Esso de Jornalismo chegou em 2012 à sua 57ª edição consecutiva, comemorando 1.302 trabalhos inscritos – um recorde. Os organizadores usaram sistema on-line de inscrição e julgamento.

Leia mais notícias em Cidades - DF


Os vencedores tiveram os trabalhos indicados após o exame pelos jurados das comissões de premiação de 72 finalistas, sendo 50 de mídia impressa, doze trabalhos fotográficos e 10 trabalhos de telejornalismo. Os finalistas foram previamente selecionados do total de 1.302 trabalhos inscritos, dos quais 677 reportagens, séries de reportagens ou artigos; 213 trabalhos fotográficos; 329 trabalhos de criação gráfica (Jornal, Revista e Primeira Página) e 83 trabalhos de telejornalismo.
Tags: