Agentes penitenciários ocupam grama em frente ao Congresso há 15 dias

Servidores lutam pelo direito ao registro e posse de armas de fogo, e munição fora do expediente de trabalho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/07/2013 17:10 / atualizado em 17/07/2013 17:16

Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press

Agentes penitenciários do DF e de várias cidades do Brasil permanecem acampados no gramado da Esplanada dos Ministérios, em frente ao Congresso Nacional. Os servidores de Brasília estão se revezando no acampamento, para que o trabalho não seja prejudicado, desde o dia 2 de junho.

Leia mais notícias em Cidades

Os agentes pedem a derrubada do veto da presidente Dilma Rousseff ao Projeto de Lei Complementar que regulamenta registro e posse de armas de fogo, e munição para os agentes fora do expediente de trabalho.

Segundo o presidente do Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do DF, Leandro Allan, representates dos servidores de todo o país se encontrarão nos dias 30 de julho e 1°de agosto para uma reunião geral onde serão decididos os próximos passos do movimento.

Nesta quarta-feira (17/7), cerca de 250 pessoas ocupam a grama em frente ao Congresso.