Ônibus deverão parar fora das paradas para mulheres após 22h

O governado do DF decretou que motoristas de coletivos desembarquem pessoas do sexo feminino em qualquer lugar do trajeto da linha

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/03/2014 17:16 / atualizado em 31/03/2014 17:29

Após as 22h, os motoristas de ônibus, sempre que solicitados, deverão parar os coletivos, ainda que fora das paradas, para o desembarque de mulheres. Eles vão ter que parar o veículo em qualquer lugar onde seja possível, no trajeto da linha. O decreto está no Diário Oficial do Distrito Federal, desta sexta-feira (28/3), assinado pelo governador Agnelo Queiroz.

As empresas de transporte público deverão divulgar a novidade, disponibilizando, em local visível, nos coletivos, o novo regulamento, para que todas as usuárias possam saber dos novos direitos. A lei já está valendo a partir de hoje. O DFTrans vai notificar as empresas do Sistema de Transporte Público Coletivo para que obedeçam o estabelecido no decreto e as que não cumprirem poderão ser multadas.


De acordo com o Governo do Distrito Federal (GDF) o objetivo da lei é aumentar a segurança das mulheres.

Leia mais notícias em Cidades