Publicidade

Estado de Minas

Técnico em informática é preso no Sudoeste com imagens de pedofilia

André Felipe de Carvalho Albuquerque, 37 anos, pagou R$ 10 mil de fiança e responderá em liberdade


postado em 09/12/2015 18:03 / atualizado em 09/12/2015 18:32

Itens como calcinhas e brinquedos sexuais foram apreendidos na casa do suspeito(foto: Polícia Civil/Divulgação)
Itens como calcinhas e brinquedos sexuais foram apreendidos na casa do suspeito (foto: Polícia Civil/Divulgação)
 
 
Suspeito de abusar sexualmente de duas crianças e armazenar fotos de menores de idade em relação íntima com adultos, o técnico em informática André Felipe de Carvalho Albuquerque, 37 anos, foi preso em flagrante nesta quarta-feira (9/12) após um mês de investigação da Polícia Civil. Porém, o acusado pagou R$ 10 mil de fiança e responderá aos crimes em liberdade.

A corporação informou que chegou ao morador do Sudoeste após receber dois vídeos em que ele protagonizava cenas de sexo com um menino, morador de Taguatinga, e com uma menina. “Depois de identificarmos ele, eu pedi uma autorização judicial para fazer busca e apreensão na casa dele”, contou o delegado-chefe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Wisllei Mendes Salomão.

Nos arquivos de André, haviam cerca de 50 mil imagens. Todas as fotos foram recolhidas, porém até o momento apenas 150 foram analisadam e possuem conteúdo de pedofilia. “Acredito que foram imagens colhidas da internet, porque as crianças sequer aparentavam ser brasileiras. Mas, é prematuro dizer que ele não produziu nenhuma”, disse o chefe da unidade policial.

O técnico em informática foi autuado por armazenar material pornográfico envolvendo crianças e é acusado de estupro de vulnerável. Se condenado, pode pegar até 34 anos de prisão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade