Publicidade

Estado de Minas

Por risco de rebelião, Secretaria de Segurança cancela visitas na Papuda

Relatórios da inteligência apontaram risco de uso dos visitantes como reféns e de rebelião. Segurança reforçada na área externa dos presídios masculino e feminino do DF


postado em 02/11/2016 08:30 / atualizado em 02/11/2016 11:39

 

Alegando risco de rebelião, a Secretaria de Segurança Pública suspendeu as visitas aos presos do Distrito Federal previstas para esta quarta-feria (2/11).  De acordo com a pasta, os relatórios de inteligência da Subsecretaria do Sistema Penitenciário apontaram o risco de confusão e de uso dos visitantes como reféns pelos presos. "A medida "visa garantir a incolumidade das presas e dos presos, bem como de seus familiares e visitantes", justificou em nota o governo.  

 

Leia mais notícias em Cidades

 

O posicionamento da pasta foi divulgado após confusão na manhã desta quarta-feira (2/11) no Complexo Penitenciário da Papuda. Na terça (1/11), a Secretaria havia dito que mobilizaria agentes do Departamento de Trânsito do DF (Detran), policiais civis, militares e bombeiros para ajudar no trabalho dos agentes que não aderiram à greve - iniciada em 10 de outubro. Isso garantiria as visitas e a revista. 

 

(foto: Arquivo Pessoal)
(foto: Arquivo Pessoal)
 

 

Familiares que chegaram com antecedência ao presídio, foram impedidos de entrar. A previsão era de que os internos recebessem apenas duas visitas por mês -- das mães ou companheiras--, sendo elas maiores de idade. Em dias normais, os presos chegam a receber quatro visitas.

 

Em nota, divulgada às 10h desta quarta-feira, a Secretaria Segurança Pública informou que a situação "está sob controle" nas unidades prisionais. A segurança na área interna está sob responsabilidade dos agentes de atividades penitenciárias que se mantiveram em seus postos de trabalho. Na área externa, o Patrulhamento Tático Móvel (Patamo), o Batalhão de Choque e o 29º Batalhão de Polícia Militar intensificaram o policiamento e contiveram a reação das visitantes com a suspensão das visitas. O esquema de reforço da segurança será mantido até a situação estar completamente estabilizada. Aguarde mais informações.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade