SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Na reta final para o Enem, relaxar e comer bem ajudam na hora da prova

Conferir a documentação, comer alimentos leves e relaxar são primordiais nas últimas horas antes do exame

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/11/2016 08:03 / atualizado em 04/11/2016 23:35

Priscila Botelho - Especial para o Correio

A poucas horas do Enem, a ordem é relaxar. Assistir a filmes, a seriados e praticar atividades que relaxem a mente podem ajudar o candidato na hora da prova. Os momentos finais pedem calma, mas sem esquecer os conselhos básicos: conferir documentação, ter uma alimentação leve, evitar atrasos e ter uma noite tranquila de sono para a prova do dia seguinte.

Quem ainda não conhece o local da prova deve sair com, pelo menos, duas horas de antecedência. De acordo com Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), haverá reforço de ônibus nas linhas que atendem aos locais de prova. Mesmo que o candidato vá de carro, é aconselhável chegar na hora da abertura dos portões, às 12h.

“Todos os anos, acompanhamos várias reportagens com alunos correndo para conseguir chegar no horário e muitos desesperados porque perderam a prova”, comenta o gerente pedagógico da plataforma on-line Descomplica, Claúdio Hensen. Além disso, quem chega mais cedo tem a oportunidade de escolher onde vai se sentar, conforme lembra o especialista.

Leia mais notícias em Cidades

A estudante Letícia Araújo, 18 anos, vai sair duas horas antes. “Quando eu fiz a inscrição, morava em Águas Claras e não consegui trocar o local de prova. Já que vou fazer o exame longe de casa, vou sair bem antes para evitar qualquer tipo de problema”, diz. Ela quer cursar arquitetura e urbanismo na Universidade de Brasília (UnB). Para conquistar a tão sonhada vaga, prepara-se para o exame desde o segundo semestre do ano passado e optou por reduzir o ritmo de estudos na última semana.

Como o exame é a porta de entrada para instituições federais de ensino superior, evitar o nervosismo e a ansiedade é praticamente impossível, mas dá para driblar a aflição. “Normalmente, o início da prova é o momento que o candidato está mais agitado. Para não perder o foco, é bom começar pela disciplina que tem mais facilidade. Se o estresse surgir no meio da prova, ele pode pedir para ir ao banheiro, lavar o rosto, fazer alongamento e beber água”, comenta Cláudio Hensen.

Com relação à alimentação, ele afirma que não é necessário mudar a dieta, basta escolher os alimentos com que já está habituado, evitando os mais gordurosos. “Alimente-se bem e sem exageros, afinal, é permitido levar lanches. Não se esqueça de levar água, chocolate ou outro doce de preferência”, acrescenta.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade