SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudantes ocupam a terceira escola nesta terça-feira, em Ceilândia

Aulas na instituição será mantidas parcialmente, em dois períodos e para a Educação de Jovens e Adultos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/11/2016 21:52 / atualizado em 08/11/2016 22:14

Alessandra Modzeleski - Especial para o Correio

Breno Fortes/CB/D.A Press
 
Outra escola foi ocupada nesta terça-feira (8/11) no Distrito Federal. Dessa vez, cerca de 30 alunos do Centro Educacional 6 de Ceilândia (CED 6) iniciaram a ocupação do local. Essa é a terceira unidade de ensino tomada hoje. A Polícia Militar cumpriu mandados judiciais que determinavam a desocupação de todas as instituições da capital até a última quarta-feira (3). Os manifestantes são contrários à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 55 (ex-241), que determina um teto para gastos públicos durante 20 anos.  
 
 
No CED 6, alunos promoveram duas assembleias, na segunda-feira (7), nos turnos matutino e vespertino, para decidir sobre a ocupação. Após a aprovação, deliberaram, ainda, que as aulas ocorrerão em três horários a cada período, e que o cronograma de provas não será alterado. Além disso, aulas Educação de Jovens e Adultos (EJA) não serão interrompidas. Os estudantes chegaram à escola para iniciar a ocupação
às 18h30. As informações são da direção da instituição.

Mais cedo, outros dois colégios foram ocupados. No Guará, o Centro Educacional 1 (CED 1) está tomado por aproximadamente 30 alunos, segundo informações da Polícia Militar. Em São Sebastião, ainda não há estimativa da quantidade de alunos no Centro de Ensino Médio 1 (CEM 1). A PM faz ronda próximo a essas escolas ocupadas.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade