SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Mulher é encontrada amarrada em porta-malas; polícia descarta bomba

Vítima afirma ter sofrido um sequestro relâmpago enquanto levava os filhos à escola, no Setor Central do Gama; após perícia, polícia descartou a possibilidade de o material preso ao corpo dela ser uma bomba

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 21/11/2016 16:39 / atualizado em 21/11/2016 20:30

PMDF/Divulgação

 

Uma mulher de 42 anos foi encontrada amarrada e presa no porta-malas de um carro, nesta segunda-feira (21/11), na DF-180, sentido Gama/Ponte Alta. A informação inicial era de que ela teria supostos explosivos amarrados ao corpo, mas, após análise do material, a polícia descartou tratar-se de uma bomba.
 
 
A vítima afirma ter sido abordada por dois homens e sofrido um sequestro relâmpago no momento em que levava os filhos à escola, no Setor Central do Gama. Na altura do quilômetro 60 da BR-180, os criminosos teriam amarrado as supostas bombas nela, mas, quando iriam explodir o artefato, se assustaram e fugiram.  

Pessoas que passavam pelo local viram a mulher e chamaram a polícia. O Esquadrão Antibomba do Batalhão de Operações Especiais (Bope) também foi acionado e, depois de passar 40 minutos periciando o material, descartou a possibilidade de ele ser explosivo.

A mulher, cuja roupa estava manchada de sangue, recebeu primeiros socorros em uma ambulância no local. Depois, foi encaminhada para a delegacia. A 20ª DP (Gama Oeste) vai investigar o caso.
 
Com informações de Alessandra Modzeleski - Especial para o Correio
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.