SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Duas representantes do DF ganham o "Oscar" nacional do artesanato

Roze Mendes é fundadora do grupo Flor do Cerrado é agraciada com prêmio. A segunda contemplada é Maria Rodigues Lima da Associação Brincando com Linhas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/11/2016 12:17 / atualizado em 23/11/2016 12:39

 
Duas artesãs do Distrito Federal serão contempladas no Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (23/11). Roze Mendes é fundadora do grupo Flor do Cerrado e pela quarta vez é agraciada com prêmio. A segunda contemplada é Maria Rodigues Lima da Associação Brincando com Linhas.

Conhecido como o Oscar do artesanato brasileiro, o evento reúne artesões de todo Brasil. Os vencedores são escolhidos por especialistas em artesanato e gestão. Eles foram selecionados com base em 11 critérios de avaliação: práticas de inovação; qualidade dos produtos; identidade e compromisso cultural; embalagem; condições de trabalho; sustentabilidade ambiental; organização da produção; adequação econômica dos produtos; práticas comerciais; responsabilidade social; e planejamento e gestão.

Além da premiação que vai ocorrer nesta quinta-feira (24/11) e sexta-feira (25/11), será realizado um encontro de negócios para as unidades vencedoras negociar a venda de produtos com 50 compradores nacionais e 11 internacionais, vindos da Europa e Estados Unidos. Um showroom com 300 peças.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade