SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Ciclista fica em estado grave após ser atropelado por Ford Ranger

O esportista foi atropelado enquanto pedalava na QI 23, Conjunto 9, Setor de Mansões Dom Bosco (SMDB), sentido Lago Sul. Há uma ciclofaixa no local

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/11/2016 16:52

Luiz Calcagno

CBMDF/Divulgação
 
Um ciclista ficou gravemente ferido após um atropelamento na QI 23, Conjunto 9, Setor de Mansões Dom Bosco (SMDB), sentido Lago Sul. Eric Bonno, 25 anos, pedalava quando foi atingido por uma Ford Ranger conduzida por  Renato Luís Casella Vettorato Júnior, que não teve a idade divulgada. A vítima sofreu traumatismo crânio encefálico, estava com suspeita de fratura na região pélvica e escoriações por todo o corpo quando foi levado para o hospital.

Leia mais notícias em Cidades

O acidente aconteceu por volta de 12h50. Com o impacto, o capo da Ranger ficou retorcido sobre o para-brisa, e a bicicleta de Eric foi partida em duas. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros. Homens da corporação o reanimaram durante 45 minutos, antes que paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) o levassem para o Hospital de Base do Distrito Federal.

Embora não seja possível descrever a dinâmica do acidente, há uma cilofaixa na via em que Éric pedalava. O Corpo de Bombeiros socorreu a vítima sobre o espaço reservado para ciclistas e a Ford Ranger ficou parada com duas rodas na via exclusiva e outras duas na faixa dos carros, próximo à entrada de um posto de combustível.

Segundo informações da comunicação da Polícia Civil, a vítima está em estado grave, em coma e respirando por aparelhos.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Luiz
Luiz - 26 de Novembro às 20:48
Não sei como foi, mas quando pedalo ou dirijo esses motoristas nos carros grandes não admitem ficar atrás de ninguém, são "poderosos demais" e se for "preciso" passam por cima.

publicidade