SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Condenado, frentista que matou adolescente permanece em liberdade

O Tribunal do Júri de Planaltina condenou o frentista Wemerson dos Santos Feitosa a 17 anos de prisão pelo assassinato de Lucas da Luz Alves, 15 anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/11/2016 12:17 / atualizado em 28/11/2016 12:26

Facebook/Divulgação
O Tribunal do Júri de Planaltina condenou o frentista Wemerson dos Santos Feitosa, 27 anos, pelo assassinato de Lucas da Luz Alves, 15 anos, após uma discussão banal em um posto de gasolina em 11 de fevereiro de 2015. Lucas tomou parte de uma discussão sobre o valor do abastecimento de um veículo durante um protesto contra a alta no preço da gasolina. Wemerson disparou três vezes contra o adolescente, que morreu no local. Ele foi condenado a 17 anos e oito meses de prisão. À época do crime, o assassino não demonstrou arrependimento. Apesar da gravidade do crime e da condenação, ele poderá recorrer da sentença em liberdade.

Leia mais notícias em Cidades

O assassinato aconteceu por volta das 20h, no Posto Ipiranga Karsev, no Setor de Oficinas Norte de Planaltina. O cliente pediu que o réu abastecesse o veículo com R$ 0,50, mas ele colocou R$ 50. Eles começaram a discutir quando Lucas, que estava em outro veículo, tomou parte na briga. O julgamento de Wemerson durou 14 horas e a sentença foi proferida às 23h de quinta-feira (24). O frentista foi condenado por homicídio qualificado por motivo fútil e porte ilegal de arma de fogo.

Enquanto recorre, Wemerson precisará comparecer semanalmente em Juízo para informar e justificar suas atividades e estar sempre em casa entre 20h e 5h do dia seguinte. Ele também está proibido de mudar de endereço e de sair de casa por prazo superior a oito dias, sem prévio comunicado ao Juízo.

 

Com informações do TJDFT.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
João
João - 28 de Novembro às 14:18
Foi uma tragédia a perda do jovem. Lamentável que quem mata outra pessoa fique solto. Por outro lado, em certas situações, devemos evitar provocações, porque nas ruas algumas pessoas estão com os nervos a flor da pele, portanto é sempre de bom alvitre evitar confusões. Como disse o velho sábio: "silêncio e sorriso são duas poderosas ferramentas. O sorriso é a maneira de resolver muitos problemas... O silêncio é a forma de evitar muitos deles."