SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Professora é assassinada com tiro após ter o carro roubado no Gama

Um homem rendeu Raquel Costa Miranda e roubou o carro dela. Logo após, o bandido deu um tiro nas costas da vítima

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/01/2017 12:26 / atualizado em 04/01/2017 20:39

Facebook/Divulgação
Uma mulher de 40 anos foi baleada e morreu após assalto no Gama, por volta das 10h30 desta quarta-feira (4). Um homem rendeu Raquel Costa Miranda e roubou o carro dela. Logo após, o bandido deu um tiro nas costas da vítima. Ele fugiu levando o veículo de Raquel, um Uno Way Vivace da cor vermelha.
 
 
Bombeiros tentaram reanimar a mulher ainda no local do crime. Em seguida, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) levou Raquel para o Hospital Regional do Gama (HRG). Ela deu entrada na unidade em estado grave. Não resistiu ao ferimento e morreu logo em seguida. O crime aconteceu próximo ao Centro de Saúde n° 5, no Setor Leste do Gama. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
FERNANDO
FERNANDO - 12 de Janeiro às 08:32
Mais uma vitima da fala de leis no país. Meu Deus vamos mudar essas leis, vagabundo tem que trabalhar e não ficar em prisão recebendo comida e família recebendo salário. Muda Brasil. Porque no Estados Unidos uma simples tentativa de homicido é prisão perpetua e aqui uma assassinato e solto em pouco tempo para matar de novo.E ainda querem copias outros países, como farol aceso e outras coisas mais.
 
Tiago
Tiago - 05 de Janeiro às 10:22
Cadê a Pena de Morte Essas Horas? Pra Carniça que Fez isso!Latrocínio tinha que ser pena de morte, queria ver se esses vermes não iam pensar bem antes de tirar a vida de um trabalhador e pai de família por causa de uma carro, celular...
 
rogerio
rogerio - 05 de Janeiro às 10:11
cade a pena de morte ? cadê nossos governantes corruptos? cadê a OAB, cadê a Igreja? são quase 100 mil brasileiros mortos por morte violenta e ninguem se manifesta. Enquanto não morrer nosso filho, pai , mãe ninguem vai tomar iniciativa????
 
Wilson
Wilson - 04 de Janeiro às 19:18
São estes que matam uma pessoa de bem quando mortos em rebelião que "merecem e receberão indenização" enquanto que a familia da mulher assassinada nem uma mensagem de pesar.
 
Wilson
Wilson - 04 de Janeiro às 19:18
São estes que matam uma pessoa de bem quando mortos em rebelião que "merecem e receberão indenização" enquanto que a familia da mulher assassinada nem uma mensagem de pesar.
 
Carlos
Carlos - 04 de Janeiro às 18:12
que tristeza que DEUS conforte a família da professora!!
 
Carlos
Carlos - 04 de Janeiro às 18:11
os Brasilienses estão pedindo socorro e não tem ninguém para o socorrer estamos sem governador sem segurança sem saúde sem escolas e ate os professores que temos estão matando na bala!!!
 
oclecio
oclecio - 04 de Janeiro às 16:13
E os nossos Parlamentares agradecem o seu VOTO, pela contribuição de colocá-los no Congresso Nacional. Jeitos para resolver têm é só alterar a Legislação Brasileira e colocar o meliante para trabalhar e pagar sua estadia "sem remuneração alguma" como única forma de redução de pena, 3 por 1. Muda Brasil, País da Corrupção, da Violência e de Autoridades incompetentes.
 
Francisca
Francisca - 04 de Janeiro às 15:15
Já tinha levado o carro. Pra que atirar?