Suvaco da Asa promete arrastar 100 mil foliões em desfile neste sábado

Ao som de muito frevo, o Suvaco da Asa é garantia de animação para crianças e adultos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Alessandro Mônaco/Divulgação


Para muitos, o carnaval de Brasília começa hoje. O maior bloco de rua candango pretende reunir mais de 100 mil pessoas em frente à Funarte neste sábado de pré-folia. O Suvaco da Asa começa com uma programação para a criançada, com o Suvaquinho, a partir das 10h. À tarde, a farra é para os adultos, que, mesmo debaixo de ameaça de chuva, não desanimavam nesses 12 anos em que o bloco se consagrou como o maior da capital. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), hoje o céu ficará encoberto, com possibilidade de chuviscos à tarde, e chuva pela manhã. “O Suvaco da Asa é molhado mesmo”, brinca um dos diretores da agremiação, Pablo Feitosa, de 43 anos.

Em 2017, uma novidade: o desfile homenageará o Galinho de Brasília — o bloco de inspiração pernambucana que comemora 25 anos de muito frevo. Os dois grupos compartilham esse amor por Pernambuco. “Para o pernambucano, carnaval é frevo. Nós esperamos um ano inteiro por essa data”, explica Feitosa. Para animar o público, o evento vai contar com muitas atrações, como oficinas de percussão e criação de instrumentos musicais a partir de materiais recicláveis. Além dos grupos musicais Patubatê, Calango Careta, Maria Vai Casoutras, Martinha do Coco, Orquestra Popular Marafreboi e DJ Igor Fearn.

O nome do bloco faz referência às regiões do Cruzeiro e do Sudoeste, que se localizam abaixo da “asa do avião” desenhado por Oscar Niemeyer, onde o Suvaco desfilava anteriormente. Mas o espaço ficou pequeno para tanta alegria. Desde 2016, os foliões se concentram em frente à Funarte, no Eixo Monumental. Na época, os organizadores justificaram que a mudança estava sendo planejada por causa do crescimento do número de foliões, que passou de 20 mil para 80 mil em dois anos.

Pablo Feitosa convoca todos a levarem muita alegria para as ruas, desde que não haja qualquer tipo de discriminação. “Vá sempre com amor no coração, sem preconceitos, fantasiado e com muita energia para pular e dançar.” Para o coordenador, o carnaval em Brasília tem crescido muito e com boa qualidade, tanto de música quanto de organização. “O Suvaco era o único bloco de pré-carnaval, mas agora há muitos na rua. E isso alegra muito quem faz carnaval”, afirma. Outra novidade é que, nesta edição, em uma parceria com a Secretaria de Estado da Criança, haverá uma campanha contra o trabalho infantil e contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Outros blocos

E tem bloco estreante neste fim de semana. O alternativo Vai Com as Profanas faz sua estreia na festa de Momo. No ano passado, o grupo realizou um festejo fora de época, em agosto. A estimativa é que 3 mil pessoas tenham comparecido ao evento no ano passado. Por causa do sucesso, o bloco sairá hoje, a partir das 15h, na Praça Central do Setor Comercial Sul. No domingo, a festa continua. A Praça dos Prazeres, na 201 Norte, recebe o Maria Vai Casoutras, uma banda de percussão formada exclusivamente por 24 mulheres. A concentração começa às 15h e a saída será às 18h30, com percurso na própria quadra.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.