Acusados de matarem mãe e filha em Ceilândia são condenados

Homicídios ocorreram em 2015 e criança foi atingida quando estava no colo da mãe

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/07/2017 22:47 / atualizado em 13/07/2017 00:12

A Justiça condenou três pessoas pelo assassinato de Ana Maria de Jesus dos Santos e sua filha, Ana Caroliny Amânco dos Santos, em 30 de abril de 2015. À época, a criança tinha 3 anos de idade e estava no colo da mãe quando foi morta. Os assassinatos ocorreram no Sol Nascente, em Ceilândia. O crime aconteceu por vingança, após desentendimento no comércio irregular de lotes na região.
 

A pena dos acusados será cumprida, inicialmente, em regime fechado. Rodrigo Ferreira da Silva recebeu condenação de 18 anos e 8 meses, Sérgio Rolim de Oliveira, cumprirá 21 anos e Wellington de Souza da Silva, a 21 anos e 9 meses de reclusão.

Os assassinos dispararam várias vezes contra as vítimas. No dia do crime, dois homens chegaram, de carro, às proximidades da casa de Ana Maria. Rodrigo era o motorista. Wellington saiu do veículo, se aproximou das vítimas e fez os disparos. Ana Maria morreu no local e a criança foi encaminhada ao Hospital Regional de Ceilândia, mas não resistiu.

O caso foi julgado pela Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Ceilândia.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.