Corpo de empresário morto em Sobradinho chega à Paraíba sob aplausos

Clodoaldo Alencar morreu no sábado (5/8) após passar três dias em estado grave no Hospital de Base, vítima de um latrocínio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/08/2017 14:36 / atualizado em 07/08/2017 15:35

Liberdade PB/Divulgação

O corpo do empresário Clodoaldo Alencar, 47 anos, foi recebido sob aplausos em Pombal, no sertão da Paraíba, na manhã desta segunda-feira (7/8). Ele estava internado desde quarta-feira (2/8) no Hospital de Base de Brasília após levar dois tiros à queima-roupa na cabeça em um assalto em Sobradinho, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no sábado (5/8).

 

Leia mais notícias em Cidades 

 

O cortejo com o corpo do empresário terminou por volta do meio-dia no centro de Pombal, onde mora a família da vítima. O velório ocorre até as 17h, quando o corpo será levado para o enterro no Cemitério São Francisco de Assis.

 

Segundo a Polícia Civil, a loja da qual Clodoaldo era dono foi invadida por João Lucas Feitosa da Silva, 20 anos, na tarde de quarta-feira (2/8). O empresário reagiu ao assalto, e, na briga, o suspeito atirou duas vezes contra a cabeça da vítima, que ficou em estado gravíssimo no Hospital de Base e teve a morte declarada no início da noite de sábado (5/8), após uma parada cardiorespiratória. Até o início da tarde desta segunda-feira (7/8), João Lucas ainda não havia sido preso. 

 

Clodoaldo era irmão do vice-prefeito de Pombal, Claudemiro Alencar (PTB). Ele e o prefeito, Abmael Sousa Lacerda (PMDB), vieram a Brasília para prestar auxílio aos outros familiares depois da tragédia.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.