Servidora pública é autuada após xingar jovem de "negrinha" em atendimento

Segundo informações da Polícia Militar, momentos antes, as duas tinham discutido. O valor da fiança foi arbitrada em R$ 1,5 mil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/08/2017 08:34 / atualizado em 29/08/2017 22:12

Uma servidora pública foi atuada em flagrante por injúria racial, após ofender uma mulher a chamando de "negrinha". Segundo informações da Polícia Militar, momentos antes, as duas haviam discutido. O valor da fiança foi arbitrada em R$ 1,5 mil. 

 

Leia mais notícias em Cidades

 

O caso ocorreu na tarde de segunda-feira (28/8), durante um atendimento na Junta Militar, em Sobradinho. Um rapaz foi até a instituição para buscar informações sobre o dia em que deveria se apresentar junto ao exército. O Certificado de Alistamento Militar (CAM) trazia duas datas, e ele teria ficado confuso. Ele foi acompanhado da namorada, de 22 anos.

 

De acordo com a PM, houve uma discussão entre o jovem, a companheira dele e a atendente. As testemunhas relatam que o casal teria ameaçado a servidora pública, que retrucou xingando a jovem e usando a palavra "negrinha". Ela foi levada para a 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho). 

 


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Marcelo
Marcelo - 29 de Agosto às 16:50
Eu sou pardo, quase negro, me ensina como ou não falar... Pois, antes não tinha esse negócio, revidava-se com outro palavrão e o futebol continuava.
 
corintojunior
corintojunior - 29 de Agosto às 09:46
E o casal que ameaçou a servidora pública foi autuado? Será que o escrivão esqueceu que desacato ao servidor público e infração? A via é de duas mãos e não só de uma. Os dois lados erraram e devem pagar.