Incêndio de grandes proporções atinge Parque Nacional de Brasília

Há pelo menos dois focos de incêndio no Parque Nacional: um próximo do Lixão da Estrutural e outro na região da Chapada Imperial

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/08/2017 15:04 / atualizado em 30/08/2017 23:58

CBMDF/Divulgação

 
Um incêndio de grandes proporções atingiu o Parque Nacional de Brasília nesta quarta-feira (30/8). Equipes do Corpo de Bombeiros continuam no local para apagar as chamas, que chegam a dois metros de altura. Apesar da vasta área atingida, a corporação acredita que o fogo deva ser extinto até esta noite.
 
 
De acordo com os bombeiros, o incêndio começou em dois focos. Um deles, próximo ao Lixão da Estrutural. O outro, na região da Chapada Imperial. Os fortes ventos e a seca ajudaram o fogo a se alastrar pelo parque em duas linhas de até quatro quilômetros. A corporação precisou enviar 35 militares, sete carros, um helicóptero e um avião com tanque de água.
 


Segundo o coordenador Nacional de Prevenção a Incêndios do Instituto Chico Mendes (ICMBio), Christian Berllinck, o incêndio tem classificação 3, ou seja, um fogo de extensa complexidade de controle em que se faz necessária a ajuda de equipes em terra, helicóptero e avião com tanque de água.
  
Além de equipes do Corpo de Bombeiros, funcionários do ICMBio e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) se deslocaram ao parque. Militares do Exército Brasileiro e brigadistas voluntários também ajudaram no combate às chamas. No início da tarde desta terça, 100 pessoas, entre bombeiros, militares e civis cooperavam.
 
* Estagiária sob supervisão de Adriana Bernardes
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
henrique
henrique - 31 de Agosto às 10:49
Pouco importa o grau do incêndio. O importante além das perdas irreparáveis é que isso ai acontece todos os anos. Será que não existe maneira de se evitar tal costumeira situação?