Grupo a favor da monarquia no Brasil protesta na Esplanada

Manifestantes querem a instauração de regime monarquista parlamentarista no país. Modelo foi recusado em plebiscito promovido em 1993

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/09/2017 10:12 / atualizado em 07/09/2017 10:58

Arquivo pessoal/Thiago Dória
Um grupo de aproximadamente 20 pessoas organizou um protesto a favor da restauração da monarquia no Brasil na Esplanada dos Ministérios. O ato aconteceu durante o início do Desfile de 7 de Setembro. Com bandeiras do Império, os manifestantes protestaram contra o presidencialismo, modelo adotado atualmente pelo país.


De acordo com Thiago Dória, um dos organizadores do movimento, o objetivo da manifestação era divulgar a ideia de implementar uma monarquia parlamentarista. Diferentemente do sistema adotado durante o Império, onde os imperadores comandavam o país, o modelo prevê a separação do chefe de estado do chefe de governo, que seria um primeiro-ministro. “A república é muito instável. Gera crise social, econômica e corrupção”, opina Thiago. Países como Reino Unido, Suécia e Japão adotam o regime, que prevê eleições para o parlamento.

Pouco antes do início do desfile, o grupo entregou panfletos a favor da monarquia para quem passava na Esplanada dos Ministérios. Depois, eles seguiram para as arquibancadas, onde estenderam bandeiras do Império. “Não é um protesto nos moldes tradicionais, mas um movimento de conscientização das pessoas”, explica Thiago.

Para o grupo, o modelo monarquista significaria uma saída para a crise política. Porém, Thiago reconhece que a mudança no sistema não seria suficiente em pouco tempo. “Nós queremos apresentar uma proposta pensada a longo prazo, não uma solução mágica”, pondera.

Império no Brasil 

Dom Pedro I, antes príncipe de Portugal, declarou a independência do Brasil em 7 de Setembro de 1822. A partir dali, ele se tornou o primeiro imperador do país. O Império durou até 1889, quando tropas comandadas pelo Marechal Deodoro da Fonseca depuseram Dom Pedro II do trono.

Em abril de 1993, o Brasil passou por uma votação para decidir a forma e o sistema de governo. O plebiscito estava previsto na Constituição de 1988. A manutenção do regime republicano venceu a proposta da instauração de uma monarquia parlamentarista com 86,6% dos votos. Na mesma eleição, o presidencialismo foi mantido com 69,2% dos votos.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.