Motorista enfurecido usa o carro para invadir Hospital do Gama

Após dar marcha à ré e danificar a entrada do pronto socorro da unidade, o condutor ainda se recusou a tirar o carro do local

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/01/2018 10:56 / atualizado em 01/01/2018 11:44

 

Um motorista enfurecido usou o carro para invadir o pronto socorro do Hospital Regional do Gama. O incidente aconteceu por volta de 2h20 desta segunda-feira (1/1). O motorista teria se irritado após funcionários dizerem que não havia cadeira de rodas para conduzir a paciente que ele acompanhava.



Leia as últimas notícias do Distrito Federal

 

PMDF/Divulgação
 

Apesar do susto, ninguém se feriu. Após dar marcha à ré e danificar a entrada do pronto socorro da unidade, o condutor ainda se recusou a tirar o carro do local, bateu boca e desacatou policiais militares. Ele acabou preso.

 

A assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde comentou o caso por meio de nota. Segundo o texto, a falta de cadeiras de rodas “não procede”. “A direção do Hospital Regional do Gama informa que a pessoa transportada pelo veículo que invadiu a área de acesso à recepção de pacientes foi prontamente atendida na unidade”, afirmou a pasta.

Ainda de acordo com a nota da secretaria, “o motorista do veículo apresentava sinais de embriaguez e mesmo depois do atendimento à paciente se negou a retirar o carro do local. Por esse motivo, a Polícia Militar foi acionada”. “ Diante da insistência do motorista e das agressões verbais aos policiais militares, o homem recebeu voz de prisão e saiu algemado da unidade hospitalar.”

A identidade do motorista não foi revelada. O caso está a cargo da 20ª Delegacia de Polícia (área central do Gama).

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.