Publicidade

Estado de Minas

Vídeo mostra momento em que detentos fogem de presídio de Luziânia (GO)

As imagens teriam sido feitas por um detento e mostram o momento da fuga


postado em 07/01/2018 17:10 / atualizado em 07/01/2018 17:17

O vídeo mostra 11 presos fugindo do local. Um foi capturado ao se machucar durante a fuga(foto: Reprodução)
O vídeo mostra 11 presos fugindo do local. Um foi capturado ao se machucar durante a fuga (foto: Reprodução)

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que 11 detentos fogem do Centro de Inserção Social (CIS) de Luziânia, em Goiás, localizado a 60 km de Brasília. As imagens feitas por outro preso foram gravadas no último sábado (6/1). Elas mostram dois dos encarcerados forçando a barra de uma das celas para retira-lá. Com sucesso, em seguida, o grupo passa pelo gradil e segue em fuga.

Leia as últimas notícias do Distrito Federal e Entorno 

O vídeo tem duração de 1 minuto e 31 segundos. Nas primeiras cenas é possível ver os presos agachados e a dupla forçando a grade. Após conseguir retirar a proteção, cada um deles passa pelo gradil e depois pula o muro - a unidade tem uma característica diferente por ser uma edificação suspensa. No total, 11 detentos conseguem escapar do local. Até então, dez são procurados em Goiás e no Distrito Federal, pois um dos fugitivos se feriu ao tentar sair da unidade prisional e acabou sendo capturado.



A fuga aconteceu por volta das 11h deste sábado (6/1). Segundo o DGAP, o preso, responsável pela limpeza do corredor e distribuição da comida para os outros internos, teria serrado e estourado os cadeados da cela 4, da ala A do centro. A grade de contenção do pavilhão também foi danificada. 

Os fugitivos são: Aenio Vaz da Silva, Danilo Santos Lima, Dennys Paulo Duarte de Lima, Farlei Viana Roquete, Jhonatan de Souza, Johonatas de Souza Saraiva, Júnior Teodoro de Oliveira, Lucas Belmiro da Silva, Luis Paulo dos Santos e Magno Pereira de Carvalho. Uma sindicância foi aberta para apurar os fatos.

Questionada sobre o vídeo, a assessoria de comunicação do sistema prisional de Goiás respondeu que não chegou nenhum conteúdo parecido para o órgão. A pasta ressaltou que qualquer respostas devem ser repassadas para a imprensa nesta segunda-feira (8/1).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade