Publicidade

Estado de Minas

Inmet registra primeiro dia sem chuva no ano; tempo segue firme até domingo

Há, no entanto, possibilidade de pancadas isoladas ao longo da semana por causa do calor. Temperatura nesta quarta-feira chega aos 29°C


postado em 10/01/2018 08:14 / atualizado em 10/01/2018 08:27

DF amanheceu sob poucas nuvens, mas nebulosidade pode aumentar à tarde(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
DF amanheceu sob poucas nuvens, mas nebulosidade pode aumentar à tarde (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O Distrito Federal teve, na terça-feira (9/1), o primeiro dia do ano sem registro de chuva no Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). E a previsão indica que o tempo seguirá mais aberto, ao menos, até domingo (14/1). Após um amanhecer ensolarado, Brasília terá uma quarta-feira (10/1) com céu parcialmente nublado e temperaturas até 29°C.


O Inmet não descarta pequenas pancadas de chuva durante a tarde por causa do calor. A alta temperatura ao longo do dia favorece a formação de mais nuvens, e, portanto, o céu pode ter períodos nublados.

Ainda assim, o sol predomina nesta quarta-feira e durante o restante da semana, o que encerra uma sequência de oito dias chuvosos. Desde o ano-novo, choveu 87,8 milímetros, equivalente a cerca de 35% do previsto para todo o mês de janeiro.

Sem chuvas, a umidade do ar despenca. Após atingir 90% nas horas mais úmidas do dia, o índice baixa a até 40% durante a tarde. Assim, o brasiliense não deve se descuidar da hidratação.

A volta do sol não caracteriza, porém, o fim da estação das chuvas. Como as pancadas volumosas devem voltar ainda no domingo, não se pode sequer considerar esse período ensolarado um veranico: a curta e quente estiagem deveria durar mais de uma semana para ser chamada assim.

A causa da interrupção das chuvas, afirma o meteorologista Luiz Cavalcanti, está na pressão atmosférica. "Ela aumentou no DF, o que gera uma circulação descendente de ar. Isso impede a formação de mais nuvens sobre a cidade", explica.

Reservatórios mantêm tendência de cheia


Na medição feita na tarde de terça-feira, os dois principais reservatórios responsáveis por abastecer o Distrito Federal registraram alta. Em 24 horas, o volume da barragem do Descoberto subiu um ponto percentual e atingiu 36,4%.

Em um ritmo mais lento, em parte por causa da característica da bacia e do tamanho do lago, Santa Maria aumentou de 31,8% a 32,1%. Saiba aqui quais regiões passam pelo racionamento de água nesta quarta-feira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade