Publicidade

Estado de Minas

Agente de polícia do DF é preso por fraude interestadual de concursos

O brasiliense é acusado por manipular resultados das provas de 11 certames nos estados do Rio Grande do Norte, da Paraíba e do Piauí. A prisão faz parte da Operação Sem Barreiras


postado em 15/01/2018 20:05 / atualizado em 15/01/2018 20:22

Uma ação comandada pela Secretaria de Segurança Pública do Piauí (SSP/PI) promoveu a prisão preventiva de um agente de polícia do Distrito Federal, nesta segunda-feira (15/1). A Operação Sem Barreiras, do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) e da Diretoria de Inteligência da SSP, visa a desarticulação de um grupo interestadual especializado em fraude de concursos públicos.
 
 
O agente brasiliense é acusado de fraude em 11 certames aplicados no Rio Grande do Norte, na Paraíba e no Piauí. Entre os crimes da quadrilha, está a manipulação do concurso público de Agente Penitenciário Estadual do Piauí, aplicado em 18 de setembro de 2016. Em decorrência do esquema, a prova desse concurso foi anulada.
 
As forças de segurança cumpriram mandados de busca e apreensões e prisões preventivas em Brasília, João Pessoa, Teresina e nas cidades pernambucadas de Petrolina, Jaboatão dos Guararapes e Olinda.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade