Publicidade

Estado de Minas

Área do antigo Lixão da Estrutural começa a receber entulho da construção

No primeiro dia de funcionamento, 129 caminhões despejaram quase 1,5 mil toneladas. É preciso cadastro prévio para despejar lixo no local


postado em 30/01/2018 14:00 / atualizado em 30/01/2018 14:00

Local será utilizado até o GDF concluir a instalação de áreas de triagem para resíduos da construção civil, sem data definida(foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília)
Local será utilizado até o GDF concluir a instalação de áreas de triagem para resíduos da construção civil, sem data definida (foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília)

Uma pequena área do antigo Lixão da Estrutural começou a receber entulho da construção civil. Balanço do Governo do Distrito Federal (GDF) mostra que, na segunda-feira (29/1), 129 caminhões despejaram 1.448 toneladas de materiais como blocos de cimento, tijolos e pedras.

A Unidade de Recebimento de Entulhos, como a área é chamada, só deixará de ser usada quando o governo concluir o processo licitatório das áreas de triagem para esse tipo de lixo. Entretanto, não há data prevista para a conclusão.

Os interessados em despejar entulho no local precisam fazer cadastro no Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Sem o registro, não há autorização nem mesmo para entrar na unidade, que fica aberta das 7h às 19h, de segunda-feira a sábado.

Tumulto marca o primeiro dia de funcionamento


Na segunda-feira, a proibição de entrar no local gerou um protesto por parte de um grupo de antigos catadores do Lixão de Estrutural, que montou barricadas e ateou fogo em sofás para tentar impedir a passagem dos caminhões que despejariam entulho na unidade. Segundo a Polícia Militar, não foi preciso entrar em confronto com os manifestantes, que deixaram o local por volta das 11h40 do mesmo dia.
 
Com informações da Agência Brasília 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade