Publicidade

Estado de Minas

PM encontra crianças e um adolescente sozinhos e com fome em casa

De acordo com a corporação, os irmãos estavam na residência havia três dias e tinham, apenas, mingau e arroz para comer. Conselho Tutelar foi acionado.


postado em 05/02/2018 09:29 / atualizado em 05/02/2018 16:23

Policiais militares encontraram um menino e uma menina, de 13 e 3 anos, respectivamente, e um adolescente, de 16 anos, em uma casa no Setor Sul do Gama. Uma equipe do 9º Batalhão da PM chegou às crianças após denúncia de vizinhos por crimes de maus-tratos e abandono de incapaz. O caso aconteceu na noite de domingo (4/2). 


Os pais não estavam no local e os menores tinham apenas mingau e arroz para comer. De acordo com informações da PM, as crianças, todas irmãs, estavam sozinhas havia três dias. A casa tem um cômodo de quarto e cozinha.

A residência fica em um lote da avó materna dos irmãos. Ela tem 84 anos. Após o flagrante, os policiais acionaram o Conselho Tutelar.
 
Os militares encontraram a geladeira da casa vazia e o fogão sujo. Sensibilizados com o cenário, resolveram a ajudar a família entregando alguns alimentos. 

A mãe, ainda segundo a PM, estava longe de casa desde a última quinta-feira (1/2). A renda única da mulher vem do Bolsa Família. São R$ 429 mensais.

Pelas informações passadas pelas crianças e a avó, essa não é a primeira vez que a mãe deixa os filhos sozinhos. Mas, segundo os irmãos, ela não é usuária de drogas. O pai vive em situação de rua há anos. Até o fechamento desta reportagem, nenhum dos dois haviam sido localizados.

Por orientação do Conselho Tutelar, os irmãos ficarão sob responsabilidade da avó. Nesta segunda-feira (5/2), os conselheiros irão ao local da ocorrência para definir as providências a serem tomadas, sendo que a responsável depende de ajuda de outras pessoas. 


Resgate no Recanto das Emas


Há duas semanas, a PM resgatou uma criança de 4 anos que estava trancada em uma residência no Recanto das Emas. De acordo com os vizinhos, a mãe tinha costume de deixar a filha trancada no local. Na ocasião, a avó e a mãe da criança, que confessou ter o costume de trancar a menina, foram levadas para a 26ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade