Publicidade

Estado de Minas

Após queda de vendas, mercado imobiliário tem crescimento em 2017

Em dezembro do ano passado o Índice de Velocidade de Vendas (IVV) foi de 7,3%. No mesmo mês de 2016 o índice foi de 5,7%


postado em 06/02/2018 11:36 / atualizado em 06/02/2018 11:37

O mercado imobiliário do Distrito Federal apresentou melhoras no último ano. De acordo com o Índice de Velocidade de Vendas (IVV) divulgado nesta terça-feira (06/02), em 2017 a velocidade média de vendas foi 24% superior do que em 2016. Se comparado a 2015, o índice é ainda maior, alcançando a porcentagem de 57%. Os dados são da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do DF (Ademi-DF) e do Sindicato da Indústria da Construção Civil do DF (Sinduscon/DF). 

A pesquisa aponta que no ano passado, o IVV médio foi de 6,3%. O setor considera que 5% é um índice adequado para a liquidez de um empreendimento. Em 2016 o número ficou dentro do esperado com 5,1%, superando os 4% registrado em 2015. O levantamento só leva em consideração imóveis residenciais novos.

De acordo como presidente do Sinduscon/DF, Luiz Carlos Botelho, 2018 deve registrar índices ainda melhores. "Não se pode navegar sem uma bússola e essa bússola agora está consolidada", comemorou.

Em 2017, foram lançados apenas 12 empreendimentos imobiliários no DF. A Asa Norte foi a região do DF com maior valor de oferta do metro quadrado alcançando a cifra dos R$ 14,9 mil. O mais baixo valor ofertado foi em Santa Maria pela quantia de R$ 2,9 mil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade