Publicidade

Estado de Minas

Asfalto de desvio no Eixão é concluído; previsão de abertura é na quinta

Próximos passos envolvem a implantação dos meios-fios, além de sinalizadores para o trânsito, segundo a Novacap


postado em 12/02/2018 20:54 / atualizado em 12/02/2018 22:19

Objetivo das intervenções é permitir reabertura do Eixão, desviando os carros da área do viaduto que caiu na terça-feira(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
Objetivo das intervenções é permitir reabertura do Eixão, desviando os carros da área do viaduto que caiu na terça-feira (foto: Breno Fortes/CB/D.A Press)
 
 
Equipes da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) finalizaram os asfaltos das obras que circundam o viaduto pela Galeria dos Estados na tarde desta segunda-feira (12/2). A obra tem o objetivo de desviar o trânsito no início do Eixão Sul para permitir a reaberuta da pista. Os próximos passos envolvem a implantação dos meios-fios, além de sinalizadores para os motoristas. 

O objetivo das intervenções é melhorar o tráfego de carros e ônibus na região onde parte da estrutura da via desabou na terçca-feira (6/12). Próximo ao Buraco do Tatu, as vias que ligam os Eixos W e L para o Eixão ganharam duas faixas. A previsão da Novacap é liberar a passagem para os veículos na quinta-feira (15/2). 

Para o diretor-presidente da companhia, Júlio Menegotto, as intervenções prometem desafogar o trânsito intenso que se formou desde o dia do desabamento. "São cerca de 50 mil veículos, aproximadamente, que utilizavam o Eixão diariamente. Eles tiveram que buscar vias alternativas", disse Menegotto. 
 
(foto: Divulgação/DER)
(foto: Divulgação/DER)
 

Sensores 


No domingo (11/2), a Novacap instalou sensores para monitorar as vias do Eixão Sul. O objetivo da Novacap é evitar riscos de novas quedas. As Pontes do Braguetto e Honestino Guimarães também receberam os aparelhos. Os sensores vão mandar informações para uma central com vibrações e deslocamento das estruturas. 

Desabamento


Parte da estrutura do viaduto no Eixão Sul, em cima da Galeria dos Estados, ruiu na manhã de terça-feira (6/2). No local, um grande bloco de concreto esmagou quatro veículos estacionados. A região faz ligação com os Setores Comerciais Norte e Sul. Apesar do susto, não houve registro de feridos, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Um restaurante também foi destruído pela queda. 
 
Com informações da Agência Brasília 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade