Holandeses são os mais altos do mundo e guatemaltecas as mais baixas

O estudo, elaborado por 800 pesquisadores, revela que as sul-coreanas e os iranianos são os que mais cresceram no último século

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/07/2016 10:54

Londres, Reino Unido - Os homens da Holanda e as mulheres da Letônia são as pessoas mais altas do mundo, e os timorenses e as guatemaltecas as mais baixas, enquanto os que mais cresceram no último século são os iranianos e as sul-coreanas, segundo um estudo do Imperial College London (ICL) publicado nesta terça-feira (26/7).

Os holandeses têm uma altura média de 1,82 metro, e as letãs de 1,70 m, enquanto os homens do Timor Leste medem cerca de 1,60 m e as mulheres guatemaltecas 1,49 m, segundo números de 2014. Os belgas, estonianos e letões se situam em segundo, terceiro e quarto lugar, respectivamente, enquanto a mesma ordem é ocupada pelas holandesas, estonianas e tchecas.

O estudo, elaborado por 800 pesquisadores, revela que as sul-coreanas e os iranianos são os que mais cresceram no último século: elas, 20,2 centímetros, e eles, 16,5 no período 1914-2014, um recorde. A título de comparação, os (e as) americanos(as) cresceram apenas 6 e 5 centímetros, em média, nesse período.

Leia mais notícias em Ciência & Saúde

"Nosso estudo mostra que os países anglo-saxões, particularmente os Estados Unidos, se situam atrás de outros países europeus e da Ásia-Pacífico com alta renda", especialmente devido aos problemas de obesidade dos primeiros, explica Majid Ezzati, professor da Escola de Saúde Pública do ICL, diretor do estudo.

"A maneira de crescer está fortemente influenciada pela alimentação e por fatores ambientais, embora os genes também tenham um papel" importante, destacam os autores da pesquisa.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.