SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Técnica reequilibra a coluna vertebral e é promessa de alívio de dores

Criado na suíça, o Atlasprofilax atua na musculatura para alinhar a distribuição dos pesos do corpo e da cabeça e resolve complicações diversas, como enxaqueca e dores crônicas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/11/2016 06:02 / atualizado em 22/11/2016 08:46

Valéria Mendes

Jair Amaral/EM/D.A Press

 

Belo Horizonte — Parece milagre. Em apenas uma sessão, dores crônicas na coluna, enxaqueca e túnel do carpo — só para citar algumas das indicações do Atlasprofilax — desaparecem com a técnica que chegou ao Brasil há dois anos. Apenas cinco profissionais brasileiros estão habilitados para aplicar a terapia de origem suíça. Três deles estão em Belo Horizonte, um em Governador Valadares (MG) e outro na Bahia. Apesar de recente, o procedimento coleciona alguns depoimentos positivos, como o da médica Ethel Faria Costa Santiago, 51 anos. “Recebi um folder, achei interessante e fui pesquisar na internet. Li vários relatos em inglês e espanhol com respostas positivas para a solução da lombalgia e da enxaqueca. Tenho enxaqueca crônica e passei por vários tratamentos que não funcionaram. Fiz o procedimento em junho de 2015 e, desde então, não tive mais crise”, afirma a pediatra e gastroenterologista infantil.

Leia mais notícias em Ciência e Saúde


Entre 1993 e 1996, o quiropraxista e vitalogista René-Claudius Shümperli descobriu que a maioria dos seres humanos tem desvio do atlas, nome da primeira vértebra da coluna vertebral, responsável pela sustentação e distribuição de todo o peso da cabeça — que varia entre quatro e seis quilos — e pela distribuição do peso do corpo entre as 32 vértebras da coluna. O atlas atua como ponte entre a cabeça e o corpo e, por ele ou próximo a ele, passam a artéria intervertebral, o nervo vago e a veia jugular.

“O atlas desalinhado provoca escoliose, distribui o peso do corpo de forma errada e interfere na parte circulatória, sempre sobrecarregando um lado do corpo. Coluna reta é sinônimo de saúde e harmonia”, afirma o fisioterapeuta e quiropraxista Ricardo Fonseca. Entre os sintomas do atlas desalinhado, estão dores de cabeça e na coluna, insônia, hérnia de disco, escoliose, perna curta funcional, dores no joelho, dormência nas mãos, bruxismo e fadiga crônica. Além disso, a disfunção dessa vértebra pode provocar rotação da pelve e alteração da postura global.

A posição errada do atlas sobrecarrega as articulações e ocasiona problemas mecânicos e de desequilíbrio do corpo. Além disso, esse desalinhamento prejudica a circulação cerebral e altera o sistema digestório. Entre as causas para o desalinhamento, estão as alterações genéticas, a má acomodação do bebê no útero, partos com uso de fórceps, o efeito chicote em acidentes de trânsito e quedas e golpes nas costas, sobre as nádegas e na cabeça.

Massagem neuromuscular


A abordagem do Atlasprofilax não atua diretamente na vértebra, mas na musculatura curta da nuca por meio de uma massagem neuromuscular com o uso de um aparelho que desencadeia vibrações nessa região. Assim, as contraturas existentes ficam atenuadas e dão liberdade ao atlas para voltar à posição original. Não há torções ou estalos de vértebras.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui. 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade