Batata frita pode ser mais saudável do que a cozida, diz estudo

Batata frita é melhor ao organismo desde que seja frita com azeite, que libera propriedades saudáveis e podem até prevenir doenças

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/01/2017 16:26 / atualizado em 26/01/2017 16:42

Antonio Cunha/CB/D.A
 
Preparar vegetais como batata, tomate, abóbora e berinjela fritos é considerado o melhor método para extrair propriedades benéficas ao organismo. Mas há um detalhe importante: o azeite de oliva tem que ser usado na hora de fritar os alimentos, pois é ele quem ressalta as propriedades benéficas de cada um. Esse modo de preparação aumenta a capacidade antioxidante dos alimentos e também o número de compostos responsáveis por prevenir doenças crônicas como o câncer, diabetes ou degeneração macular, que causa perda da vista. As informações foram comprovadas por uma pesquisa da Universidade de Granada, na Espanha.
 
 
O objetivo da pesquisa era determinar os efeitos de diferentes métodos de preparação nas propriedades antioxidantes e nos preventivos de doenças dos vegetais consumidos na dieta mediterrânea. Os vegetais sem cascas foram separados em três grupos: fritos e salteados em azeite de oliva, cozidos em água e cozidos em uma mistura de água e azeite. As preparações durante o estudo seguiram receitas tradicionais da Espanha.
 
A professora Cristina Samaniego, orientadora do projeto, explica que, ao usar azeite como transmissor de calor, o óleo também transfere compostos, exclusivos do azeite, para os vegetais. A pesquisadora ressalta que cozer pode ser recomendado "quando a comida é consumida junto com a água usada na preparação, já que o acréscimo do azeite de oliva melhora as propriedades e compensa as deficiências da comida crua", afirma.

O artigo com os resultados da pesquisa foi publicado na revista Food Chemistry. A mensuração dos dados foi feita com a tecnologia da cromatografia líquida de alta eficiência, que separa compostos químicos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.
 
Ricardo
Ricardo - 26 de Janeiro às 23:43
Se a batata for frita em banha de porco ou óleo de côco, concordo. Caso contrário, não.