Documentário "Com vandalismo" relata a onda de manifestações nas cidades

O filme foi produzido por quatro jornalistas e será lançado oficialmente no dia 20/7

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/07/2013 10:41 / atualizado em 16/07/2013 10:58

Roger Pires/Divulgação

Quatro jovens, uma câmera na mão e uma onda de manifestações assolando o país. Os cearenses Roger Pires, 23, Bruno Xavier, 28, Pedro Rocha, 27, e Yargo Gurjão, 26, foram ágeis e decidiram aproveitar a chance única de fazer um documentário sobre eventos no instante em que eles aconteciam. Com vandalismo é o primeiro longa dos jornalistas por formação que se juntaram para criar uma produtora de vídeo, a Nigéria. O longa será lançado oficialmente no próximo dia 20/7, mas logo depois estará disponibilizado no Youtube, no canal da produtora (www.youtube.com/nigeriaaudiovisual).

Leia mais notícias em Diversão & Arte

A ideia surgiu depois de observarem um pouco os protestos. "Resolvemos acompanhar a consequência local da onda de manifestações que vinha acontecendo no Brasil. A priori, nosso foco era a questão da rejeição à Copa das Confederações, na ocasião do jogo Brasil e México. Mas com a forte e desmedida repressão da polícia e a cobertura da imprensa, no geral, feita a partir da perspectiva dos policiais, optamos por escolher outro foco: os chamados 'vândalos' e a relação com a outra parte dos manifestantes, que gritavam 'sem vandalismo'!", explica Pires.

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.