Brasília recebe show do cantor Nelson Sargento no projeto Flores em vida

Um dos maiores ícones da música brasileira, volta à capital para encantar o público com seu estilo sambista

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/09/2015 11:20 / atualizado em 28/09/2015 11:36

Irlam Rocha Lima

Pat Duarte/Divulgação
 

Aos 91 anos, Nelson Sargento é um dos últimos remanescentes da geração de sambistas considerados mestres do ritmo mais representativo da música popular brasileira. Contemporâneo de Cartola, Nelson Cavaquinho, Zé Kéti, Monarco, Elton Medeiros e Dona Ivone Lara, mantém-se em plena atividade, compondo, fazendo shows, participando de projetos e até do concurso que vai escolher o samba-enredo da Mangueira para o carnaval de 2016.

Com elegância e grandeza, marcas registradas de sua personalidade, Nelson assimilou o fato de não ter o seu samba — composto em parceria com Gustavo Louzada, André Karta Marcada e Agenor de Oliveira — selecionado para a final de 3 de outubro. “Agora vou torcer por Tantinho e, claro, pela minha amada Verde e rosa”, diz.

O que o deixou emocionado foi o elogio que recebeu de Maria Bethânia, a homenageada da escola no desfile da Marquês de Sapucaí, com o samba A menina dos olhos de Oyá. Em show recente no Vivo Rio (Rio de Janeiro), a cantora o recebeu no camarim e carinhosamente afirmou que a composição dele estava entra as mais bonitas do concurso.

Mesmo não estando no roteiro, é provável que o mestre Nelson, visto como “a mais alta patente do samba”, cante A menina dos olhos de Oyá no show que faz hoje (28/9, às 20h, no teatro do Centro Cultural Banco do Brasil, pelo projeto Flores em vida.

Saiba mais

Show do cantor e compositor, acompanhado pelo grupo Adora Roda, com participação de Fernando César e Thanise Silva, pelo projeto Flores em vida, hoje, às 20h, no Teatro do Centro Cultural Banco do Brasil (Setor de Clubes Sul). Ingressos: R$10 e R$5 (meia). Classificação indicativa livre. Informações: 3108/7600

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.