Arte urbana leva gentileza e debate social às ruas de Taguatinga

Projeto de arte e educação 'Mapa gentil' estimula alunos e comunidade a pensarem e causas e soluções de problemas sociais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/11/2015 15:23 / atualizado em 25/11/2015 17:10


Por meio de jogos e arte urbana alunos da rede pública de ensino tem transformado o espaço público criando placas com mensagens motivadoras e de cunho social. O Mapa Gentil, projeto criado em 2012, por meio de oficinas e jogos de arte e educação, estimula jovens e adultos a debaterem e pensarem sobre problemas do cotidiano social que vão do bullyng a falta de saneamento básico. 

O jogo aplicado em 2015 pelo projeto é o Trinca Social, um conjunto de cartas, como de um baralho, que traz em seu conteúdo problemas e contextos sociais para que os estudantes discutam em grupo. “O jogo instiga o senso crítico e a capacidade de argumentação dos jovens”, explica Janaína André, a criadora. A eles, é dada a missão de criar soluções aos problemas apresentados. As ideias são transformadas em placas como de trânsito, que são espalhadas por Taguatinga Sul.
 
O trinca social foi utilizado por mais de dois mil estudantes de várias RAs do DF e desde 2012 já rendeu mais de 250 obras e 50 placas que foram espalhadas pela cidade. Esse ano, mais trinta foram instaladas e por parecerem com placas de trânsito foram batizadas de Arte urbana em trânsito. 

O lançamento do mapa oficial com a localização das placas será no sábado (28/11) na Praça do Relógio, em Taguatinga, a partir das 10h. O evento com entrada franca e livre para todas as idades, conta com a participação do Projeto Vocalize, com a presença dos alunos que participaram das oficinas, artistas plásticos e oficineiros, além de uma visita guiada pelos alunos que montaram as placas. 
 
 
 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.