SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

'Rato Miúdo', faixa censurada de Gilberto Gil, é liberada depois de 41 anos

A faixa fazia parte do álbum 'Refazenda' e foi censurada por conta do seu refrão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/10/2016 13:15

Diário de Pernambuco

Divulgação/Warner Music
 
Depois de 41 anos guardada nos arquivos, uma faixa gravada por Gilberto Gil vem à luz. O compositor Jorge Alfredo colocou no YouTube sua música Rato miúdo, gravada por Gil para o álbum Refazenda, de 1975. Segundo Alfredo, a música foi proibida pela censura e por isso saiu do disco.

"Rato miúdo foi censurada por causa do refrão que reproduzia os dizeres do meu certificado de reservista: 'por ter sido julgado incapaz, definitivamente, podendo exercer atividades civis'. Gil teve que retirar a música do show e do LP Refazenda, e não colocou nenhuma outra no lugar", disse o compositor em seu site Cadernos de Cinema.

Além de ter saído do álbum, Rato miúdo também não fez parte da turnê de divulgação do álbum Refazenda e nunca foi regravada. Segundo Alfredo, caso a música tivesse sido lançada, poderia ser considerada o primeiro reggae brasileiro. Hoje, Refazenda é considerado um disco clássico. Refazenda, Tenho sede e Lamento sertanejo são alguns de seus hits.
 
Ouça a música:
 
 

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade