SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Fernanda Souza revela que 'Vai Fernandinha' terá segunda temporada em 2017

Atualmente, a atriz aposta no lado apresentadora, que fez bastante sucesso com a estreia da atração no Multishow. O último episódio será exibido no dia 18

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 16/11/2016 07:30 / atualizado em 16/11/2016 10:58

Adriana Izel

Gianne Carvalho/Divulgação
O ofício do ator é se comunicar com o público através de um personagem. Por conta disso, ele costuma ter diversas facetas. A paulista Fernanda Souza teve algumas bastante famosas, como a Mili, de Chiquititas (1997), a Helô, de Malhação (2000) e a Tati, de Escolinha do Professor Raimundo (2015/2016). No entanto, há algum tempo a atriz rouba a cena simplesmente por ser Fernanda Souza.


Tudo isso começou com a forte presença da artista nas redes sociais. Fernandinha mostra seu dia a dia e divide sua rotina diariamente em seus perfis no Instagram e no Snapchat, o que aproximou bastante a atriz do público. “Acho que essa minha proximidade com as redes sociais fez as pessoas terem essa intimidade com a Fernanda, que não é a atriz. Até então eu tinha me comunicado com o público por meio de um personagem. Agora não, estou me comunicando como Fernanda mesmo. Isso é muito gostoso”, afirma Fernanda Souza em entrevista ao Correio.

Inclusive, a mulher de Thiaguinho aponta a rede social como sua principal aliada na hora de conseguir “vender” o programa Vai Fernandinha, que estreou em 31 de outubro no Multishow, e marca sua fase como apresentadora de uma atração própria. “O Snapchat foi minha carta de apresentação para o Multishow. Quando eu cheguei na reunião dizendo que queria fazer um programa lá, eles disseram que assistiam meu Snap e, por isso, acharam que eu tinha tudo a ver com o canal. Eles puderam me conhecer melhor e me identificar como apresentadora”, completa.

Sucesso na estreia
Logo na primeira semana de estreia, o programa garantiu um lugar entre os assuntos mais comentados do Twitter. As principais celebridades brasileiras também só falam nisso, assim como o público, claro. A boa repercussão confirmou uma segunda temporada para 2017. “Na verdade, a gente já tinha falado da vontade de fazer uma segunda e uma terceira temporada. Mas estávamos esperando o programa acontecer, a repercussão ser positiva, os números serem bons, as pessoas gostarem do programa, para falar efetivamente de uma segunda temporada. Não temos previsão de gravação, nem de estreia. Mas estamos conversando”, diz, bastante animada.

E o motivo do sucesso? A apresentadora atribui ao formato da atração. Em Vai Fernandinha, Fernanda Souza recebe em cada episódio um convidado, em que ela faz uma espécie de entrevista intercalada com alguns jogos e brincadeiras. “Quando eu apresentei a ideia de fazer um programa de entrevistas para o Multishow, queria fazer algo que tivesse um formato diferente, que não fosse muito convencional, algo mais dinâmico, divertido e extrovertido. Aí, encontramos esse híbrido de game show com entrevista, assim nasceu o formato do Vai Fernandinha. Estávamos apreensivos sobre como o público receberia. Querendo ou não, é algo bem diferente do que tem na televisão”, avalia a atriz.

A primeira temporada se encerra em 18 de novembro, quando Fernandinha receberá a cantora de axé Claudia Leitte. A atração teve nomes como Ivete Sangalo, Neymar, Sandy e Padre Fábio de Melo. A maioria dos convidados faz parte do círculo de amizades da atriz, o que, segundo ela, facilitou e ao mesmo tempo dificultou. “Ajuda, mas às vezes atrapalha um pouco, porque é tanta intimidade que tem que ter cuidado para não ter piada interna e o público ficar perdido”, analisa. A atriz também diz que é engraçado fazer perguntas que ela já sabe a resposta por ser amiga das pessoas e por isso buscou o ineditismo nos assuntos abordados na atração. “Os temas que eu falei com 80% dos convidados, por mais que eu os conhecesse, eram temas inéditos para mim também”, revela.

Mesmo com muitas estrelas entre os convidados, Fernanda Souza diz que muita gente acabou ficando de fora, por conta de agenda, já que as gravações foram feitas de julho a agosto deste ano. “Tem tanta gente que ficou de fora, amigos superpróximos”, revela. Entre os mais aguardados de Fernanda está a atriz Cláudia Raia. “Ela é como uma mãe. Temos uma relação superpróxima. Ela ficou triste de não ter participado”, conta.

Vai Fernandinha
De segunda a sexta (até 18 de novembro), às 21h45, no Multishow. Episódios disponíveis no Net Now.

Gianne Carvalho/Divulgação


Quatro  perguntas/ Fernanda Souza

Você já havia participado no The voice Brasil num papel de apresentadora. Mas como foi estrear o próprio programa sob o seu comando?

Eu apresentei o The voice Brasil junto com o Thiago (Leifert). Eu fazia parte das reportagens e também dividia com ele a apresentação dos personagens naquele momento antes da apresentação no palco, quando você entrevista a família e o próprio candidato. E na internet eu também tive dois programas do The voice, o The voice web e o Pré-TVB, que ia ao ar uma hora antes do The voice ao vivo na quinta-feira na televisão. Eu tive uma dinâmica de começar a aprender a fazer ao vivo. Era um programa de entrevistas também, mas misturava com música, que era a vertente do programa e foi bem gostoso. Acho que ali eu fiquei com vontade de apresentar um programa meu.

Foi mais difícil fazer o Vai Fernandinha em relação ao The voice Brasil?
Fazer um projeto como esse é mais difícil. Ele demanda uma dedicação muito grande de mim. O Multishow me deu carta branca na escolha dos convidados, na locação, em toda a equipe de produção... O roteiro e a edição quem dá “ok” final sou eu, as hashtags sou eu que escolho... Então é muito participativo, eu me sinto com muita responsabilidade. Me deu muito frio na barriga. Então foi muito mais difícil, do que seguir um roteiro. Dessa vez eu participei de todos os processos.

O que é mais diferente na hora de apresentar em relação a atuação como atriz?
Acho que a apresentação me dá uma liberdade muito grande, pelo menos nesse programa, que eu tenho carta branca para fazer o que eu quiser. Já atuando você se comunica através de um texto de uma outra pessoa, que é o autor. Acho que são comunicações diferentes. Mas as duas são bem mágicas e eu gosto é de me comunicar.

Além do Vai Fernandinha, quais são seus projetos atuais?
No momento estou fazendo a peça Meu passado não me condena, em que eu apresento essas histórias de bastidores, que também não deixa de ser um lado de apresentação. Já estou há três anos com a peça. Vou fazer no ano que vem uma temporada em São Paulo, que é uma cidade que estou devendo. Em 2017 não devo fazer novela, porque é difícil conciliar a novela e o programa, que toma um tempo muito grande. É um trabalho 24 horas e um desafio maravilhoso. Ano que vem vou fazer a segunda temporada, espero que a terceira e quarta. E ainda tem outro projeto que estou apresentando ao Multishow.

publicidade

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.

publicidade