Cantor Victor: polícia divulga hoje resultado de inquérito sobre agressão

As informações sobre o inquérito serão repassadas pela delegada Danúbia Quadros, em entrevista coletiva nesta segunda-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/03/2017 09:21 / atualizado em 13/03/2017 09:47

Manuela Scarpa / Photo Rio News

A Polícia Civil vai divulgar nesta segunda-feira, ao meio-dia, o resultado do inquérito que apura uma denúncia de agressão contra o cantor Victor Chaves, da dupla Victor e Leo. Em fevereiro deste ano,  Poliana Bagatini Chaves denunciou o marido dizendo que havia sido chutada e jogada no chão por ele. A mulher está grávida. 

Nesse domingo, Victor foi ouvido na Delegacia de Mulheres de Belo Horizonte. A mãe e a irmã dele também prestaram depoimento. Os três estavam acompanhados de um advogado. Em entrevista à rádio Itatiaia, concedida na saída da unidade policial, Victor disse esperar que a situação seja esclarecida. “Só vim aqui para falar com quem eu tinha que falar. (…) Com o tempo tudo se esclarece, como deve ser. Por isso que estou aqui para prestar o meu depoimento”. 

O cantor disse à emissora de rádio que está fazendo shows normalmente ao lado do irmão. “As pessoas que gostam da minha arte não estão preocupadas com o que está passando na minha vida pessoal. E isso eu vou cuidar da forma que eles já sabem, como todo mundo que me conhece há muitos anos”, explicou. As informações sobre o inquérito serão repassadas pela delegada Danúbia Quadros, em entrevista coletiva. 

Entenda o caso


Em 24 de fevereiro, uma sexta-feira, Poliana procurou a Delegacia de Mulheres da capital mineira para prestar queixa contra o marido. Ela alegou ter sido jogada no chão e chutada por Victor, e contou ainda que foi impedida de deixar o apartamento do casal pelo segurança e pela irmã do cantor. Com a ajuda de uma vizinha, ela conseguiu fugir e pediu socorro. Entretanto, nesse dia ela não fez exame de corpo de delito.

No sábado, uma nova versão para o caso surgiu. A sogra de Poliana procurou a polícia e registrou boletim de ocorrência, contando uma versão diferente dos fatos. Ela alegou que Poliana chegou em sua casa transtornada e que elas discutiram. Quando Victor chegou ao local, a mulher teria se jogado no chão e se debatido. Em seguida, Poliana teria deixado o apartamento na companhia da sogra, ido para seu próprio apartamento e entrado na casa de uma vizinha, juntamente com a filha do casal. 

No mesmo dia, Poliana compareceu à delegacia e fez o exame de corpo de delito, mas os resultados não foram divulgados. No domingo, por meio do Instagram do cunhado, ela publicou uma carta de apoio ao marido, na qual negou que tivesse sido agredida e explicou estar bastante abalada. Ela afirmou que houve uma discussão com a sogra e que por não ter tido apoio do marido e não ter parentes ou amigos em BH, viu na polícia um "lugar onde se sentiria amparada".

Mesmo com a mudança de versão da mulher, a Polícia Civil continuou investigando o caso. Segundo a corporação, “de acordo com a previsão legal, registros de casos de agressão, no âmbito da Lei Maria da Penha, independem de representação da vítima para apuração”. Após a divulgação do caso, Victor se afastou do reality global The Voice Kids. (Com informações de João Henrique do Vale)
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.