Confira três longas que estreiam nesta quinta nos cinemas

Além de Velozes e furiosos, a lista tem Variações de Casanova, Una e Martírio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/04/2017 07:32

Variações de Casanova (2014)

Coprodução que reuniu Áustria, Alemanha, Portugal e França, o longa de Michael Sturminger traz a segunda parceria dele com o ator John Malkovich, depois de The infernal comedy (2010). Premiado no principal festival de cinema da Áustria, pelo melhor figurino e pela melhor montagem, o longa foi também selecionado para San Sebastián. Na trama, um colapso nervoso coloca Giacomo Casanova em posição frágil, quando conta apenas com o apoio de uma escritora interessada em desvendar as verdades que cercavam o ilustre conquistador. Mesclando vida, com representações nos palcos, em tom de ópera, o filme revela, entre outras particularidades, o medo que Casanova tinha da morte.


Una (2016)

Produção do cineasta Benedict Andrews, é baseado na peça Blackbird, escrita por David Harrower, que conta a história de Ray (Ben Mendelsohn) e Una (Rooney Mara), um casal que já teve um complicado relacionamento quando ela tinha apenas 12 anos. Depois de 15 anos, os dois se reencontraram e Ray é confrontado com o passado, quando ela chega sem avisar em seu escritório buscando respostas sobre o abuso que sofreu. Ray, que havia feito uma nova vida para ele, vê nesse inesperado reencontro um retorno ao passado, que trará memórias enterradas e desejos inconfessáveis, além de escavar um inabalável amor danificado.

Martírio (2016)

Premiado documentário de Vicent Carelli, refaz o percurso da insurgência pacífica e obstinada dos Guarani e Kaiowá pela retomada de seus territórios sagrados. Usando registros históricos e imagens que o próprio Carelli produziu com os Kaiowá ao longo de 10 anos, o filme busca edificar uma nova história, recontando as origens das políticas indígenas do Estado desde a Guerra do Paraguai, dos sucessivos projetos de integração dos índios ao sistema de trabalho, até o massacre forjado pelo agronegócio e a bancada ruralista nos tempos atuais.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.