33ª Feira do Livro de Brasília homenageia Belchior

Ferreira Gullar e Torquato Neto também estão entre os homenageados no evento que conta com a presença de Antonio Cícero e Cristovão Tezza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Zuleika de Souza/CB/D.A Press
 
A Câmara do Livro do Distrito Federal divulgou alguns dos convidados para a 33ª Feira do Livro de Brasília. O evento (que ocorre de 16 a 25 de junho no Pátio Brasil) contará com a presença de autores como o poeta carioca Antonio Cicero, o antropólogo baiano Antônio Risério (BA) e o premiado escritor Cristovão Tezza.

Além deles, a lista de convidados especiais conta com João Almino (membro da Academia Brasileira de Letras e morador de Brasília) e com o sanfoneiro Chambinho do Acordeon, que interpretou Luiz Gonzaga no filme Gonzaga: De pai pra filho.

Estão confirmadas também a presença dos gaúchos Ricardo Silvestrin, Alexandre Brito e Ronald Augusto; dos poetas Salgado Maranhão (PI), Aroldo Pereira e Anelito (MG); e dos escritores Semog (RJ), Elaine Marcelina (RJ) e Sergio Cohn (RJ).

A organização da feira negocia ainda com três nomes internacionais, não confirmados: o cubano Leonardo Padura, autor de O homem que amava os cachorros; o espanhol Carlos Ruiz Zafón (de A sombra do vento); e o pesquisador e pensador venezuelano Fernando Baéz.  

Para receber os escritores de fora do Distrito Federal, uma série de autores e personalidades importantes para a literatura brasiliense foi convidada. Francisco Alvim, Nicolas Behr, Dad Squarisi, Marina Mara, Noelia Ribeiro, Cristiane Sobral e Antonio Miranda são alguns dos escolhidos para a iniciativa.

Além da participação em debates com os convidados de outros estados, os escritores da capital terão um espaço especial. Uma mesa debaterá os movimentos literários e poéticos da cidade com a participação de José Carlos Vieira (editor do Correio), o dramaturgo Adeílton Lima, José Garcia Caianno (da Banca de Poetas) e Luiz Amorim (do Açougue T-Bone).

Nesta edição, o livreiro Ivan da Silva e o escritor Gustavo Dourado (membro da Academia Taguatinguense de Letras) serão os homenageados locais. Ferreira Gullar, Torquato Neto e Belchior receberão homenagens póstumas.
 
Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press
 
 
Para os pequenos
A feira também dará uma atenção especial para as crianças. O lema do evento será “Cada criança candanga vai levar um livro pra casa”. A ideia, segundo os organizadores, é incentivar, a partir da feira, uma ampla campanha (com o apoio de instituições públicas e movimentos literários) de incentivo à leitura e formar uma geração de leitores no DF.

No evento, haverá atividades e espaços criados especialmente para as crianças e cada uma delas, como o lema sugere, poderá levar ao menos uma obra para  casa. A feira incentivará também que expositores doem livros para creches e instituições socioeducativas. Neste ano, os organizadores da feira esperam receber 260 mil pessoas e movimentar R$ 5 milhões em vendas de livros. Mais de 80 expositores, entre editoras, livrarias e projetos literários, participarão do evento.



Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.