HQ brasiliense 'W-Man contra a poderosa mente' traz super-herói andróide

História de Válter Nunes mescla referências antigas a traços do século 21

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 13/06/2017 07:30

Válter Nunes/Divulgação
 
A internet e a tecnologia são colocadas em pauta em novo gibi nascido em Brasília e lançado na última quarta-feira. W-Man contra a Poderosa Mente acompanha a história de dois jovens, Tim Jober e Carl Roberts, que criam um super-herói androide para combater os crimes em Nova York. O trabalho é feito com a ajuda de ARPA, uma inteligência artificial que aparenta ter sentimentos humanos e consegue acessar todas as informações presentes na rede.

A trama, que mescla aventura e bom humor, incorpora diversas referências culturais — em temáticas como literatura, música, jogos e, principalmente, artes visuais. O vilão da história em quadrinhos é Simon Binet (conhecido como SB ou Super Brain), que possui a capacidade de manipular a mente humana. Ele encabeça uma onda de assaltos das obras de arte mais valiosas presentes na cidade, até que o novo herói atrapalha os planos. Enquanto W-Man tenta atraí-lo para uma armadilha, SB tem o mesmo objetivo.

Os personagens principais têm nomes que fazem referências a pessoas que tiveram papéis fundamentais na tecnologia. A ARPA é uma homenagem à Advanced Research Projects Agency; Tim Jober remete a Tim Berners-Lee (criador do World Wide Web) e Steve Jobs (fundador da empresa Apple); e Carl Roberts a J. C. R. Licklider (que elaborou a ideia de rede universal) e Lawrence Roberts (que gerenciou o Arpanet). Já o herói W-Man tem um brasão que forma a sigla WWW.

Admirador de gibis, o criador Válter Nunes quis fazer algo diferente dos super-heróis mais consagrados. “A ideia foi dar uma modernizada, para a linguagem do século 21, nos heróis antigos”, conta. O personagem tem uma espécie de tripla personalidade, já que ele é um avatar comandado por terceiros. “Como o W-Man é um avatar, cada um que o comanda tem características próprias. Quando é o superprograma, vai mais para o lado feminino. Quando é o Tim, mais para o lado sério. Quando é o Carl, ele é mais galanteador”, completa.

Formado em jornalismo, Válter é bancário atuante na capital e já escreveu dois livros de ficção, Reevolução e A ilusão da cruz. A primeira história em quadrinhos, que terá outras edições ainda sem previsão de publicação, foi feita em parceria com o Ed Benes Studio. O roteiro é assinado por ele, as ilustrações, por Ricardo Silva, as cores, por Tiago Barsa e as letras, por Jorge Vieira.

O gibi pode ser adquirido via internet, com possibilidade de participação em uma campanha de incentivo à leitura que doará revistas a comunidades carentes de Brasília e São Paulo, no Dia das Crianças. Mais de 300 exemplares já foram arrecadados pela ação.

Estagiária sob a supervisão de Severino Francisco

W-Man contra a Poderosa Mente
Valor: R$ 35 - Pode ser adquirida em http://www.w-man.site
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.