Desenhos animados brasileiros fazem sucesso na televisão

A vez das produções nacionais chegou e as produções do país ganham cada vez mais espaço na programação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/07/2017 07:33 / atualizado em 17/07/2017 15:44

Cartoon Network/Divulgação

 
Scooby Doo e Charlie Brown são clássicos que marcaram várias gerações e não são esquecidos. Eles fizeram, e ainda fazem, parte do dia a dia das crianças do Brasil e do exterior. Porém, chegou a hora dos nossos desenhos — as produções nacionais de séries animadas ganharam os corações dos pequenos e são líderes de popularidade em canais infantis da tevê por assinatura no Brasil e nos países latinos.

Criações como O peixonauta, O irmão do Jorel e O show da Luna são exemplos de sucessos. Mas até chegar ao auge, o mercado audiovisual brasileiro passou por lentas etapas de aperfeiçoamento.
 
A ideia de investir em desenhos animados no Brasil começou em 1989, com a pioneira TV Pinguim. A empresa, voltada para o entretenimento infantil, é responsável pelos programas O peixonauta e O show da Luna. Ricardo Rozzino, um dos fundadores da produtora, relembra que a Pinguim iniciou a indústria de programas infantis animados no país.
 

“A gente aprendeu, literalmente, a produzir conteúdos de animação para crianças. Antes de nós, não havia praticamente nada aqui”, lembra Rozzino. Segundo ele, arriscar a produção audiovisual no Brasil foi um desafio, principalmente pela falta de profissionalização. “A gente formou pessoas. Ensinamos durante todo o processo de produção do desenho porque achar alguém capacitado na época era raro”, comenta.

Hoje, o cenário é outro. Rozzino relata uma melhora no cenário dos desenho infantis —  o que comprova a grande audiência atual: “Seguramente temos mais estrutura agora. O campo cresceu, está se desenvolvendo e nos tornamos uma indústria”. Rozzino reforça que, depois de 2010, a produção em animação ganhou força.

Marcio Sguilaro, gerente de produções nacionais do Cartoon Network, vê da mesma maneira. “De uns anos para cá, as produções nacionais viraram tendências. Aumentou muito o interesse em projetos novos”, afirma.

O irmão do Jorel está em primeiro lugar nos horários de exibição do Cartoon. Juliano Enrico, criador e diretor da animação, participou de um concurso de criações animadas em 2009 e foi selecionado para produzir a história. O irmão do Jorel estreou 5 anos depois, devido ao longo e meticuloso processo de criação.

Em fevereiro deste ano, após 3 anos em exibição, o desenho foi considerado o programa mais assistido por crianças entre 4 e 11 anos de idade, dentro e fora do Brasil. Marcio Sguilaro acrescenta que a Lei da TV Paga influenciou, mas que o sucesso é resultado da dedicação de produzir conteúdos de qualidade para as crianças. “A gente não produz só para cumprir cotas, mas para gerar resultados e transmitir mensagens efetivas ao público”, diz.

Enrico se diz motivado em continuar a produzir no Brasil. “Fazer animação é difícil independentemente do país. Mas acho que à medida que a gente vai produzindo, as dificuldades diminuem. Então, vejo como uma oportunidade para descobrir novos talentos e sermos os primeiros a fazer coisas que ninguém pensou antes.”

* Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader.

A regra é todo mundo ver 
Em 2011, a Lei da TV Paga (nº 12.485) foi aprovada no Congresso como um dos avanços da produção audiovisual do Brasil. A lei, depois de 5 anos em discussão,  exige que os canais dediquem, no mínimo, 3 horas e 30 minutos semanais do horário nobre à veiculação de conteúdos audiovisuais brasileiros. Hoje, por exemplo, o canal Cartoon Network oferece quase 10 horas semanais apenas de desenhos nacionais —  avanço na programação de canais infantis que antes exibiam em maioria programas estrangeiros.

Irmão do Jorel
Todos os dias, às 11h e às 18h, no Cartoon Network

Turma da Mônica
Todos os dias, às 10h, no Cartoon Network

Sítio do Picapau amarelo
De segunda a sexta, às 7h30, 11h15 e 18h15, no Cartoon Network

Historetas assombradas para crianças malcriadas
Aos sábados, às 11h30, no Cartoon Network

Tromba trem
Aos domingos, às 17h30, no Cartoon Network

O show da Luna 
De segunda à sexta, às 11h, no Discovery Kids
 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.