Filme brasileiro 'As boas maneiras' é premiado no Festival de Locarno

Longa de Juliana Rojas e Marco Dutra ganhou prêmio especial do júri

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/08/2017 10:29 / atualizado em 14/08/2017 13:00

Divulgação
 
Locarno (Suíça) - O filme As Boas Maneiras, de Juliana Rojas e Marco Dutra, ganhou o prêmio especial do júri aqui no Festival Internacional de Cinema de Locarno, uma coprodução com a França.

O Leopardo de Ouro foi para o filme chinês Senhora Fang, dirigido por Wang Bing, numa coprodução com a França e Alemanha.

O Leopardo para a Melhor Direção foi para Nove Dedos, do francês F. J. Ossang, numa coprodução com Portugal.

O Leopardo de Melhor Atriz foi para Isabelle Huppert, no filme Madame Hyde, de Serge Bozon, coproduzido com a Bélgica.

O Leopardo de Melhor Ator foi para Elliot Crosset Hove, no filme Vinterbrodre, de Hlynur Pálmason, numa co-produção da Dinamarca com a Islândia.


Filmes lusófonos premiados


Os filmes lusófonos tiveram destaque - além do brasileiro As Boas Maneiras, ganhou o Leopardinho de Ouro da mostra de curtas, Leopardos de Amanhã, a curta-metragem Antonio e Catarina, dirigida pela romena Cristina Hanes, mas produzida pelo português Tiago Hespanha.

Ganhou Menção Honrosa, na mostra Cinema do Presente, o realizador Pedro Cabeleira, com seu filme Verão Danado.

Ganhou Menção Honrosa, na mostra Sinais de Vida, o filme do brasileiro Adirley Queirós, Era Uma Vez Brasília, coprodução com Portugal

Rui Martins, está em Locarno, convidado pelo Festival Internacional de Cinema.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.