Lana Del Rey deixará de tocar a faixa 'Cola', que cita Harvey Weinstein

Em outubro deste ano, o produtor Weinstein foi acusado diversas vezes de assédio sexual

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 01/11/2017 18:14 / atualizado em 01/11/2017 19:12

Mark Ralston
A cantora Lana Del Rey revelou, em entrevista à MTV, que irá retirar a música Cola da setlist dos shows. O motivo é a polêmica envolvendo a faixa do disco Born to die: The paradise edition, de 2012. Segundo Lana del Rey, a letra foi inspirada no produtor Harvey Weinstein, recentemente envolvido em escândalos de assédio sexual.

À MTV, Lana conta:"Quando eu escrevi esta música, eu tinha uma imagem meio Harvey Weinstein, Harry Winston em mente. Eu imaginava uma figura benevolente, doador de diamentes para as estrelas, algo meio Cidadão Kane. Não tenho certeza. E eu achava essa imagem engraçada na época e obviamente hoje eu acho muito triste. Eu apoio as mulheres que revelaram os casos. Acho que elas são muito corajosas." A cantora conta ainda que não tocará mais a música em suas apresentações."Vou aposentá-la. Sinto que seria a única coisa certa a se fazer." 

Neste mês de outubro, o produtor americano Harvey Weinsten foi acusado de protagonizar casos de assédio sexual diversas vezes. Artistas como Cara Delevigne, Lea Seydoux, Gwyneth Paltrow, Angelina Jolie e Roseanna Arquette deram depoimentos sobre assédios e constrangimentos envolvendo Weinsten. 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.