William Waack é criticado na internet após comentário racista em telejornal

O apresentador estava se preparando para uma entrada ao vivo em frente à Casa Branca, em Washington (EUA), quando um carro começa a buzinar na rua. "É preto", disse o jornalista

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/11/2017 17:05 / atualizado em 08/11/2017 22:09

Luis Nova/Esp. CB/D.A Press
Um vídeo que viralizou nesta terça-feira (8/11) mostra o jornalista William Waack, da Rede Globo, proferindo ofensas racistas durante o intervalo do Jornal da Globo.

 

Leia mais notícias em Diversão e Arte 

 

Na gravação que está rodando as redes sociais, o âncora aparece ao lado de um comentarista, à frente da Casa Branca, em Washington (EUA), se preparando para sua entrada no jornal, quando um carro começa a buzinar na rua.

 

"Está buzinando por quê, seu merda do cacete?", diz, reclamando de um barulho de buzina que ocorreu na rua.

 

Em seguida, o jornalista se vira para o comentarista que está ao seu lado e brada. "Não vou nem falar, porque eu sei quem é… é preto. É coisa de preto", afirmou ele, rindo logo após o comentário, e sem saber que já estava sendo filmado. O comentarista que estava ao lado de Waack também ri e concorda com a afirmação.

 

 

 

Após o vazamento do vídeo, vários internautas repudiaram a atitude de Waack, o chamando de "racista".

 

 

 

A reportagem procurou a Central Globo de Comunicação para comentar o ocorrido e atestar a veracidade do vídeo, porém, a emissora ainda não se manifestou sobre o caso. 

Outros deslizes de Waack

O jornalista já foi protagonista de outro caso curioso no ar. Durante uma edição do Jornal da Globo em 2007, ao chamar a repórter Zelda Melo em um link ao vivo, William Waack trocou o nome da jornalista por "Zelda Merda". Waack se corrigiu rapidamente, porém, a internet não perdoou o equívoco do global.

 

Waack também enfrentou uma saia justa com a colega Christiane Pelajo, também no Jornal da Globo. Na ocasião, em outubro de 2014, ao chamar o intervalo, William Waack leu o texto que seria de Christiane. A jornalista, indignada, retrucou o colega: "sou eu". Ele se desculpa em off, e o jornal vai para o intervalo

 

O jornalista também enfrentou cenas de climão durante a cobertura dos Jogos Olímpicos de 2016, ao ter desavenças com a jornalista Cristiane Dias, durante as trasmissões, e com a cantora Anitta, após a apresentação da artista na cerimônia de abertura do evento. 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.