Pesquisa revela que voz de Freddie Mercury era incomum

A voz do cantor britânico foi tema de pesquisa do professor Christian Herbst

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/11/2017 17:00 / atualizado em 24/11/2017 17:01

Google/Reprodução
 
Freddie Mercury, ex-integrante da banda britânica Queen, é conhecido pelas composições musicais, pelo talento no piano e, principalmente, pela voz inconfundível. As notas emitidas por Mercury viraram tema de pesquisa realizada na República Tcheca. O estudo, dirigido pelo professor Christian Herbst, mostra que a voz de Freddie Mercury atingia níveis especiais.

O pesquisador explica que o segredo estava no vibrato — a oscilação de frequência em torno de uma nota musical — de Mercury. Em entrevista ao NPR Music, Herbst destacou: "Normalmente você consegue cantar em um tom, mas cantores de ópera tentam modular as frequências fundamentais. Geralmente, o vibrato de um cantor de ópera tem uma frequência de 5.5-6 Hz. O de Freddie Mercury era mais alto e mais irregular, e isso cria uma qualidade muito singular". 

Trajetória de Mercury

O britânico Farrokh Bulsara, mais conhecido como Freddie Mercury, foi vocalista da banda de rock Queen de 1970 até 1991 — ano de sua morte. Além do tom de voz peculiar, Freddie é conhecido por diversas composições e sucessos musicais, como as faixas We are the champions, Love of my life, I want to break free e Bohemian Rhapsody.

Relembre o sucesso I want to break free

 


Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.